Brasília-DF,
26/SET/2021

Espresso Mogiana preserva recursos naturais e não altera sabor do café

O proprietário da casa Glauco Rodovalho garante que a bebida é de excelente qualidade, sabor, aroma, corpo e acidez

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Mariana Vieira - Especial para o Correio Rebeca Oliveira Vinicius Nader Publicação:22/11/2013 06:07Atualização:21/11/2013 10:15
Glauco Rodovalho trabalhava como publicitário até decidir se aventurar no ramo de café. Há alguns meses, abriu a Espresso Mogiana, cafeteria que carrega no nome referência à região paulista Alta Mogiana. Entre os blends disponíveis na casa, destaca-se o café orgânico IAO.

A vantagem é a preservação dos recursos naturais sem alteração do sabor da bebida, que lembra chocolate e caramelo. “O café é de excelente qualidade em sabor, aroma, corpo e acidez. E mantemos o preço médio de um café especial (R$ 4,50)”, aponta. Outro produto que chama a atenção no Mogiana é o espresso descafeinado (R$ 5), alternativa para quem deseja tomar a bebida durante a noite ou evita o consumo de cafeína. Para isso, o grão passa por vários processos químicos.

Há quem diga que a descafeinização deixa um sabor estranho na bebida. No entanto, a Mogiana utiliza um processo químico com carbono e diclorometano, que não deixa resíduos no grão. “Métodos modernos de descafeinação não usam ureia e nem alteram substancialmente as características do café. Se o café é de boa qualidade, o descafeinado também será.”

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK