Brasília-DF,
18/SET/2021

Doceteria cria brigadeiro gourmets nas versões café e capuccino

Na receita de capuccino, usa-se chocolate belga saborizado, e, na versão café, aparece a bebida coada e bem fort

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Mariana Vieira - Especial para o Correio Rebeca Oliveira Vinicius Nader Publicação:22/11/2013 06:13Atualização:21/11/2013 11:27

Café e capuccino, os sabores cafeinados dos docinhos da Puro Brigadeiria
 (Antonio Cunha/Esp. CB/D.A Press)
Café e capuccino, os sabores cafeinados dos docinhos da Puro Brigadeiria

Um clássico da confeitaria nacional também ganha sua versão cafeinada. O brigadeiro foi criado na década de 1940. O docinho marcou as festas da campanha do brigadeiro Eduardo Gomes à Presidência da República e assim ficou denominado posteriormente como uma homenagem ao militar.

Carro-chefe da Puro Brigaderia, comandada pelos irmãos Carol e Flávio Ludwig, a delícia ganha contornos gourmets nas versões café e capuccino (R$ 3, a unidade). “Normalmente são solicitados para eventos, para um público mais adulto”, conta Carol.

Na receita da iguaria de capuccino, usa-se chocolate belga saborizado, e, na versão café, aparece a bebida coada e bem forte. Carol indica o brigadeiro de café como acompanhamento para bebidas alcoólicas, “como o espumante e uísque. Por não ser tão doce, combina bem”.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK