Brasília-DF,
26/SET/2021

Moqueca capixaba conquista adeptos no Lago Oeste

Com receita clássica do Espírito Santo, chef uniu moqueca a uma vista paradisíaca

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira Renata Rios Publicação:21/08/2015 07:30Atualização:20/08/2015 15:54

Os pratos capixabas são feitos e servidos nas tradicionais panelas de barro (Bruno Peres/CB/D.A Press)
Os pratos capixabas são feitos e servidos nas tradicionais panelas de barro
 

A moqueca capixaba é uma raridade aqui pela nossa capital. Para apreciar o sabor desse preparo, a sugestão é o Vista Linda. Como o nome não esconde, o local tem uma vista paradisíaca. O preparo típico do Espírito Santo, feito pelas mãos do chef Gouthier Dias, vem da forma mais tradicional: em panelas de barro, que ainda borbulham ao chegar à mesa. “Moqueca é capixaba, o resto é peixada”, brinca o chef.

Para começar, o peruá não poderia faltar no menu. O peixe, que é encontrado somente no litoral capixaba, vem de entrada, para lá de farta, acompanhado de batata frita, vinagrete e farofa. “É um sabor diferenciado, além de não ter perigo de espinhas, pois elas são muito grandes e fáceis de serem retiradas”, comenta Gouthier. O peixe é sasional e está sujeito à disponibilidade no fornecedor, por isso o preço varia entre R$ 50 e R$ 70.

Já a moqueca é a estrela do cardápio, entre os peixes que podem ser utilizados no preparo, a sugestão é o robalo, que pode vir no prato para dois, por R$ 94,90, ou para quatro (R$ 159,90, simples ou R$ 164,90, com camarão), acompanhado de arroz, pirão e moqueca de banana-da-terra. “O robalo é um peixe com a carne firme, mas macia, ele não esfarela quando cortamos”, sugere o chef.

Quem não é fã de peixe, a casa também tem opções. “O prato executivo que mais sai e é de longe o mais elogiado é nosso escalope de filé-mingon ao molho de gorgonzola (R$ 49,90)”, gaba-se Gouthier. O prato é executivo, mas o chef alerta que é muito bem servido: “São 250g de carne, acompanhada por arroz e legumes salteados na manteiga”, diz.

Descanso na rede


O restaurante fica de frente à Chapada da Contagem. No local, os clientes contam com um redário, para descansar após a refeição, além de trilhas ecológicas.

 

Vista Linda

(Núcleo Rural Lago Oeste, Rua 14, chácara 379;  3302-5939), aberto sábado e domingo, das 12h às 16h.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK