Brasília-DF,
23/SET/2021

Bacalhau representa a culinária mediterrânea no Brasil

Misturado ao grão de bico, peixe também é ideal para saladas em dias quentes

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira Renata Rios Publicação:28/08/2015 06:03Atualização:28/08/2015 08:52
Paulo Vajão entrega receitas frescas na casa do cliente (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
Paulo Vajão entrega receitas frescas na casa do cliente

Adepto da cozinha portuguesa tradicional e rústica, Paulo Vajão é um entusiasta da gastronomia do país onde nasceu . Segundo o chef, é grande a presença da saudável cozinha mediterrânea em receitas dos vizinhos continentais, como pode ser comprovado na salada de bacalhau gadus morhua desfiado acompanhado de grão-de-bico com azeite extravirgem, cebola, azeitonas e ovos cozidos (R$ 39).

A receita se adapta ao clima brasiliense. Pode ser servida fria, quando os dias estiverem mais quentes ou o contrário. Lisboeta, o personal chef explica que o grão-de-bico, rico em fibras e extremamente recomendado em dias quentes, apareceu na cozinha portuguesa por influência árabe. A leguminosa é cozida e servida com a casca, onde se concentram os nutrientes. No tempero, um mix de pimenta rosa, vermelha e do reino moídas.

“Para não exceder no sal, deixo o peixe demolhar por 24 horas em água gelada”, comenta Paulo.
A fervura, por sua vez, não ultrapassa os 10 minutos, e a pele não é retirada. “O bacalhau é rico em gorduras naturais e Ômega 3. Não deve ficar muito tempo no fogo para não perder essas propriedades”, aconselha.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK