Brasília-DF,
18/SET/2021

Restaurante de Brasília usa banana como ingrediente de caipiroska

Entre os drinques diferenciados e exóticos está a Caipibanana

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira Renata Rios Publicação:23/10/2015 06:00Atualização:23/10/2015 12:31

 (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
 

Não é de agora que a banana é considerada uma fruta coringa. O alimento favorito dos pequenos personagens minions, no filme Meu malvado favorito, é também o predileto de muitos chefes na hora de criar um prato. Aceitando diversos tipos de preparos, a fruta varia com facilidade de texturas e sabores. Com tamanha versatilidade, o ingrediente pode ser usado em diversos preparos — tanto doces, como salgados, seja crocante, como um chips, ou cremoso, como um purê —, a banana pode ser facilmente a estrela de sua refeição.

Ela é uma fruta coringa no dia a dia dos brasileiros. Mas além disso, o ingrediente é a aposta de muitas casas na hora de sair do trivial e apostar em algo mais refinado. Seja em um risoto adocicado e exótico, como o oferecido no Universal Diner; ou em um rolinho primavera deliciosamente combinado com banana e nutella, como no Springnow. A fruta já caiu nas graças dos brasilienses.


O sócio da casa Coco Bambu em Brasília, Alberto Pinheiro, confirma a aceitação do público pelas combinações levando a fruta. “Aqui, temos o Peixe à delícia e o Camarão à delicia. Ambos levam banana frita em seu preparo e são um sucesso entre os clientes. Assim como nossa caipibanana, um preparo que muitos pedem por curiosidade”, afirma.

A fruta tropical também pode ser transformada em drinque!

A variedade no cardápio do Coco Bambu é uma das políticas que a casa adota para agradar o máximo de comensais possível. Entre as opções que a casa oferece, figuram carnes vermelhas, peixes, frangos, frutos do mar, além de diversos drinques. “É uma filosofia nossa ter uma variedade grande no cardápio, desta maneira, cada um pode comer o que deseja”, afirma o sócio da casa, Alberto Pinheiros, conhecido como Beto.

Na carta de bebidas, a caipibanana (R$ 16,50) é um preparo que atrai vários clientes, seja por curiosidade, ou por amor à fruta, é comum as pessoas apostarem na bebida, feita com banana, leite condensado e vodca. “É um drinque incomum, por isso várias pessoas pedem para provar”, afirma Beto. Outro dinque que é um sucesso na casa é a caipicoco (R$ 18,50), uma versão também bastante tropical da capirinha.

Já nos pratos a fruta aparece em dois preparos, o Peixe a delícia (R$ 92,70, para duas pessoas) — filé de peixe, com banana frita, e molho a base de creme de leite, e, para acompanhar, arroz e batatas gratinadas. Ou o camarão a delícia (R$ 125), também com banana frita e molho de creme de leite, além dos acompanhamentos iguais ao peixe a delícia. “Esse são dois prato que tem a cara do nosso restaurante, com uma pegada bem tropical, além de serem um sucesso entre os clientes, que pedem muito o preparo”, finaliza o sócio.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK