Brasília-DF,
31/MAI/2020

Você se lembra? Tiazinha e Feiticeira fizeram sucesso no fim da década de 1990

Com roupas e danças sensuais, o objetivo das duas era conquistar a audiência dos rapazes

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ataide de Almeida Jr. Publicação:26/04/2015 06:40Atualização:24/04/2015 13:04
Suzana Alves deu vida à Tiazinha (Band/Reprodução)
Suzana Alves deu vida à Tiazinha
Antes de comandar um programa família nas tardes de sábado da TV Globo, Luciano Huck apresentava uma atração na Band, na década de 1990, chamada H, voltada para adolescentes e jovens, geralmente os que tinham aula pela manhã. Para atrair esse público, ele utilizava de alguns artifícios, como atrações musicais, gincanas no palco e mulheres. Nessa última categoria que surgiu dois personagens marcantes da televisão: a Tiazinha e a Feiticeira.

Interpretada por Suzana Alves, a Tiazinha era o ponto alto do programa e atiçava a cabeça daqueles jovens cheios de hormônios. Utilizando uma lingerie, uma máscara e um chicote, a personagem era chamada ao palco para participar de uma gincana. O participante era colocado em uma cadeira e o time dele deveria responder a uma pergunta de conhecimentos gerais. Se errasse, a Tiazinha fazia uma depilação no jovem.

O apelo da personagem não era só para o jovens. As crianças também gostavam de ver a mascarada e, por isso, ela ganhou uma programa próprio, em que era uma combatente do mal.

Logo depois de Tiazinha, o H trouxe a Feiticeira. Interpretada por Joana Prado, a personagem tinha uma missão parecida com a de Suzana Alves: despertar o público jovem e aumentar a audiência do programa. Na atração, um jovem era colocado sob uma tenda e Luciano Huck pedia para ele escolher um entre três pedidos (que iam de passar gelo na nunca até uma dança sensual bem próxima do rosto). Claro que para ganhar o prêmio, o participante deveria passar por uma prova.

Joana Prado conseguiu um bom dinheiro em propagandas para exercício físico - como esquecer daquele que tinha como slogan: "Não é feitiçaria, é tecnologia". Após a saída de Huck da Band, a Feiticeira deixou a personagem de lado.

Joana Prado como Feiticeira (Divulgacao)
Joana Prado como Feiticeira
Revista
Como geralmente ocorre no país, os símbolos sexuais são convidados a posar nu em revistas voltadas para o público masculino ou feminino. Isso ocorreu também com a Feiticeira e a Tiazinha. No entanto, o apelo das duas era tão forte que elas bateram todos os recordes de vendas da Playboy. A mascarada comercializou cerca de 1,2 milhão de exemplares, enquanto Feiticeira foi além e fechou com a marca de 1,23 milhão.

Música

No ápice da Tiazinha na televisão, ela fez uma parceria com o cantor Vinny, e os dois lançaram um single com o título de Uh! Tiazinha, em 1999. Na época, Vinny também estava no auge, fazia pouco tempo que Heloísa, mexe a cadeira tinha virado hit. A música foi lançada no álbum Tiazinha faz a festa, que trazia canções com título "fascinantes", como Doeu e Tiazinha Story. O disco vendeu apenas 250 mil cópias.

Casa dos artistas

A fórmula para que um artista esquecido volte à mídia é participar de um reality show. Foi isso o que fizeram Tiazinha e Feiticeira, mas agora - mais - despidas dos personagens. Suzana Alves e Joana Prado participaram da segunda edição da Casa dos Artistas, que teve no elenco Vitor Belfort, André Gonçalves e Rafael Vanucci (o vencedor). Assim como ocorreu no programa H, primeiro foi Suzana que deixou o programa, seguida de Joana Prado.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK