Brasília-DF,
13/DEZ/2019

Regina Duarte se reinventa na televisão ao dar vida a personagem homossexual

A atriz veterana pode ser vista atualmente na novela das 18h, Sete Vidas

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Gabriel de Sá Publicação:21/06/2015 06:16
Regina Duarte pode ser vista atualmente como Esther na novela Sete Vidas (Globo/Alex Carvalho)
Regina Duarte pode ser vista atualmente como Esther na novela Sete Vidas
Regina Duarte já não é a namoradinha do Brasil há tempos. Acostumada a viver heroínas na juventude, a atriz paulista aceitou novos desafios ao longo da carreira e deu vida a tipo inesquecíveis na tevê, como a espevitada Viúva Porcina, de Roque Santeiro (1985), e a Helena de Por amor (1997). Aos 68 anos, Regina encara um novo desafio na telinha: interpretar uma mulher homossexual.

A atriz está em Sete vidas, novela das 18h da Globo que estreou em março, escrita por Lícia Manzo e com direção de Jayme Monjardim. Regina Duarte dá vida a Esther, que teve um casamento com outra mulher e criou dois filhos, interpretados por Thiago Rodrigues e Maria Eduarda. Na coletiva de imprensa da novela, ela havia declarado que não gostaria que Esther fosse vista apenas pelo viés da homossexualidade.

"Fico chocada de perceber o quanto o fato de ela ter vivido um casamento homossexual possa impressionar tanto as pessoas, como se ela fosse uma marciana. A Esther não é. Ela é uma pessoa que tem uma infinidade de qualidades antes de chamá-la de homossexual", disse a atriz ao site PurePeople. "Lésbica? Isso é apenas um detalhe. Não é uma personagem aprisionada por isso. Ela é uma viúva e, quando começa a novela, está mais voltada para os filhos, a família que construiu. É uma mãe moderna que teve um amor por outra mulher no passado", continuou.

A sinopse da trama previa que Esther encontraria um ex-namorado do passado. Isso deve acontecer em breve em Sete vidas, e o escolhido para viver o grande amor esquecido foi o ator Jonas Bloch, que está de volta a uma novela da Globo após uma década de hiato. As cenas foram gravadas na última quarta-feira. Oficialmente, a mudança de lado da personagem nada tem a ver com a rejeição ao casal de lésbicas vivido por Fernanda Montenegro e Nathalia Timberg em Babilônia.

Regina Duarte não é mais contratada da TV Globo e recebe apenas pelas obras de que participa, segundo o site RD1. Depois da novela, deve estar disponível no mercado novamente. Ela estreou na emissora carioca em 1969, em Véu de noiva, após participar de algumas tramas na TV Excelsior. Ao longo da carreira, tornou-se uma das atrizes mais queridas do público, por conta de personagens como a sofrida Raquel de Vale tudo (1988) e a protagonista da minissérie Chiquinha Gonzaga (1999), em que dividiu a cena com a filha Gabriela Duarte.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK