Brasília-DF,
20/SET/2017

Relembre os domingos em que Silvio Santos comandava o Show do milhão

Programa de auditório do SBT levava conhecimento e entretenimento às noites de domingo

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vinicius Nader Publicação:22/11/2015 06:03

 (Reprodução/Internet)

“Está certo disso?” e “eu quero a ajuda dos universitários” são apenas alguns dos bordões que saíram do programa Show do milhão direto para a boca do público. Mesmo com a atração fora do ar desde 2009, as frases repetidas pelo apresentador Silvio Santos fazem parte de diálogos pelo Brasil até hoje.


Importado de um formato americano, o Show do milhão teve duas temporadas no Brasil, ambas no SBT e com Silvio Santos no comando: uma exibida entre outubro de 2002 e outubro de 2006 e outra, de julho a setembro de 2009. Na internet, é comum ver pedidos para que a atração volte à grade da emissora, tamanha a saudade do público.


A dinâmica do programa era simples. As pessoas se inscreviam e concorriam a um lugar na cadeira da qual poderiam sair milionárias. Silvio Santos fazia perguntas de múltipla escolha — com quatro opções de resposta. A cada acerto, o valor do prêmio aumentava, chegando, assim, a R$ 1 milhão em barras de ouro.


Caso não soubesse ou não tivesse certeza da resposta, o candidato tinha três alternativas antes de chutar: pedir ajuda de uma banca de universitários, pular a pergunta ou solicitar que a plateia levantasse placas com a alternativa que julgasse correta. Depois de pedir o auxílio, o candidato seguia ou não a sugestão. Não sem antes Silvio Santos o lembrar de que a reposta seria “por sua conta e risco”.

 

 


A edição brasileira teve apenas um vencedor do R$ 1 milhão: o bancário aposentado Sidney Ferreira Moraes, que morava em Campo Grande (MS). Em uma conversa prévia com Silvio Santos, Sidney contou que havia estudado em jornais para participar do programa. A pergunta a que o aposentado respondeu foi “em que dia nasceu e que dia foi registrado o presidente Lula?”. As opções eram 6 e 27 de outubro; 8 e 27 de outubro; 9 e 26 de outubro; 7 e 23 de outubro.


Ao ouvir, a pergunta Sidney se emocionou, agradeceu a Deus e disse que estava certo de que a resposta era a primeira opção. Silvio Santos não escondeu a surpresa e a alegria ao dizer que o Brasil era o segundo país em que um candidato ganhava o prêmio máximo. O primeiro foi os EUA e, na Inglaterra, uma pessoa acertou a pergunta, “mas teve problemas com a Justiça”. A tradicional chuva de papel picado — aqui em forma de cédulas — encerrava um capítulo da trajetória de Silvio Santos, um apresentador que sempre gosta de exibir programas que unem entretenimento e distribuição de prêmios financeiros.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK