Brasília-DF,
23/SET/2017

Coluna Eu vi! critica noite de votação do impeachment

Com mais de 500 minutos de cobertura da votação, justificativas de deputados foram deploráveis

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Diego Ponce de Leon Publicação:24/04/2016 07:10Atualização:22/04/2016 12:00

 (Carlos Moura/CB/D.A Press)


O assunto cansa e já deu o que falar, imagino. Mas não tive a oportunidade de abordar o tema na última semana, então trago uma última provocação. No domingo passado, a maior parte dos brasileiros mudou a rotina e fez o que nunca faz: passou horas assistindo a uma cobertura política na tevê. Com exceção do SBT, todos os canais transmitiram a votação do impeachment na Câmara.

Essa quebra inusitada de programação há de servir para algo. O brasileiro, como se sabe, pouco acompanha o cenário político do país. Somos uma massa de ignorantes políticos.


Votamos por convicções individualistas e nada coletivas. Pois a transmissão da votação mostrou exatamente o mesmo: são poucos dentro do Congresso que parecem preocupados contigo, eleitor. Eles estão preocupados com a própria mãe, filhos e igrejas.

Se não fosse o bastante, o show de horrores se completou com homenagens abomináveis, que prefiro não repetir. Um diagnóstico claro, escancarado, que somos responsáveis por nossa própria desgraça. Mas, quem se importa? O que vale mesmo é o futebol.

500 minutos - Tempo recorde que a Globo dedicou à transmissão da votação, sem interrupção

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK