Brasília-DF,
18/SET/2021

Casa serve chope acompanhado de petiscos inspirados em bares de outras cidades

Empresário Itiberê Ribeiro Júnior traz a carne de lata da cidade mineira de Divinópolis para montar o prato carne de lata

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Mariana Vieira - Especial para o Correio Rebeca Oliveira Vinicius Nader Publicação:29/11/2013 06:03Atualização:28/11/2013 11:11

Itiberê Ribeiro Júnior foi buscar inspiração em outras cidades para petiscos, como a carne de lata (Gustavo Moreno/CB/D.A Press)
Itiberê Ribeiro Júnior foi buscar inspiração em outras cidades para petiscos, como a carne de lata

"Petiscar é mais do que comer. É um ritual, cumprido em vários passos”. A definição é do empresário Itiberê Ribeiro Júnior, sócio do bar Beco, instalado há cinco meses na Asa Sul. Se for acompanhada de um chope gelado e de uma boa conversa ou paquera, então, a liturgia fica ainda mais saborosa. Na casa, a bebida fica armazenada em tonéis dentro de um balcão frigorífico que a mantém sempre gelada. Além disso, o creme do chope tem uma torneira própria para deixá-lo “cremoso na medida certa”.

Para acompanhar o chope (R$ 6,90, a tulipa de 300ml), Itiberê oferece um cardápio de petiscos inspirados em bares de Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro e Goiânia. Um deles, segundo o empresário, combina bem com o chope. É a carne de lata (R$ 40,90), servida na companhia de vinagrete, farofa e goiabada com geleia de pimenta. “Esse é um petisco muito encontrado nos bares mineiros. A carne é acondicionada na lata temperada apenas com sal e com a própria banha. O salgadinho da carne e a oleosidade são amenizados pelo chope”, explica Itiberê, que traz a carne de lata da cidade mineira de Divinópolis.

Outra opção destacada por ele são as empadas, que já se tornaram uma marca do Beco. Recheadas com frango (R$ 5), bacalhau, camarão ou caranguejo (R$ 7,50, cada uma), elas são preparadas diariamente na cozinha do bar. “Dessa vez nossa inspiração foi o carioca, que adora empada com chope”, comenta. Clássicos da cozinha de bar como o frango a passarinho (R$ 29) e o fígado acebolado com jiló (R$ 23,90) também aparecem no cardápio do Beco.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK