Brasília-DF,
22/SET/2021

Espumantes nacionais ganham mais qualidade na produção

Com preços mais acessíveis e um foco maior na qualidade, a bebida nacional tem se tornado mais apreciada pelos especialistas

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira Renata Rios Publicação:04/09/2015 06:05

O espumante é um coringa na hora de harmonizar
 (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
O espumante é um coringa na hora de harmonizar

Os espumantes nacionais de algum tempo para cá têm ganhado destaque pela qualidade e pelos preços mais acessíveis.

“O investimento em qualidade em vez de quantidade é um dos fatores dessa melhora”, opina Júnior Marcos Orio, sommelier do Soho. “A região de Pinto Bandeira é uma das que têm maior qualidade no Brasil. A vinícola Cave Geisse é muito boa e tem investido em tecnologia”, comenta.


Na carta, o especialista sugere o Cave Geisse Nature (R$ 135), espumante nacional da região de Pinto Bandeira: “É bem seco, e com acidez”.


Para harmonizar, ele sugere um dos preparos da casa — sohomaki de camarão empanado (R$ 48,90). “É um salmão maçaricado recheado com cream cheese e camarão empanado. Para finalizar, molho de tomate levemente picante e molho tare — de shoyu com saquê. “Esse prato tem a gordura do cream cheese, do peixe e do camarão empanado, que funciona bem com o espumante.”
 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK