Brasília-DF,
17/DEZ/2018

Ex-Banda Eva, Saulo Fernandes traz pela primeira vez à cidade o show solo

Do novo trabalho, duas já ganharam destaque: "Raiz de todo o bem" e "Vú"

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Irlam Rocha Lima Publicação:14/06/2013 06:00Atualização:13/06/2013 22:01

O cantor faz show de pré-lançamento do CD e do DVD, gravados ao vivo na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, em Salvador (Robson Caramendes/Divulgação)
O cantor faz show de pré-lançamento do CD e do DVD, gravados ao vivo na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, em Salvador
Brasília é uma das primeiras cidades a receber Saulo Fernandes, ex-vocalista da Banda Eva, em carreira solo.  Nesta sexta-feira (14/6), na AABB, o cantor faz show de pré-lançamento do CD e do DVD, gravados ao vivo na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, em Salvador, há dois meses. A cantora brasiliense Adriana Smartine abre a programação, às 22h.

Saiba mais...
Na primeira turnê individual, Saulo prioriza o repertório do DVD, embora tenha incluído, também, músicas que criou para o antigo grupo; "O show reúne três elementos básicos: música, poesia e percussão. O que vou levar ao público de Brasília, que sempre me acolheu com carinho, são canções para dançar, sentir e pular", anuncia.

Do novo trabalho, do qual participou ativamente da produção, coassinando 14 das 17 músicas, duas já ganharam destaque: Raiz de todo o bem (que abre a apresentação), disponível na internet e tocando nas rádios; e Vú, composta com Ênio Taquari, Rudson Almeida, Renan Carvalho e Alcione Rocha. É a aposta do cantor para o verão soteropolitano.

Mas sucessos anteriores, como Agradecer, Preta, Tão sonhada e Circulô, escolhida como a música do carnaval baiano de 2012, também vão ser ouvidas pelo público; assim como versões para hits de Djavan, Gilberto Gil e Natiruts que Saulo costuma fazer. "Fiz um arranjo pra Leãozinho, de Caetano, que ficou bem legal e foi incluída no roteiro", adianta.

 

Veja vídeo da nova música de Saulo Fernandes

 

 

Duas perguntas// Saulo Fernandes

O que levou Raiz de todo bem ser escolhida como música de trabalho?

Poderia dizer que ela é uma espécie de síntese desse trabalho que inaugura minha carreira solo. É um samba-reggae, ritmo surgido aqui na Bahia, que põe as pessoas para dançar. Foi a música selecionada para o primeiro clipe. No lançamento, alcançou a marca de 10 mil visualizações em menos de 24 horas, ganhando destaque no setor tendências do site YouTube.

Como foi a participação de Alexandre Carlos, da banda brasiliense Natiruts, no DVD?

Sempre fui admirador do trabalho do Alexandre e do Natiruts. Ele me mandou a música O mundo está em guerra, que traz a visão dele sobre o carnaval. Aí o convidei para dividir a interpretação comigo. É um dos pontos altos do DVD.

Saulo no Eva

Passando do bastão

Saulo Fernandes ficou 11 anos à frente da Banda Eva, com a qual gravou cinco álbuns — três deles ao vivo. Assumiu o posto em 2002, no lugar de Emanuelle Araújo, que tinha entrado no grupo três anos antes, depois da saída de Ivete Sangalo. Saulo, por sua vez, foi substituído pelo cantor Felipe Pezzoni logo após o carnaval deste ano.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES