Brasília-DF,
31/MAI/2020

Caia na balada: protagonismo feminino marca agenda do fim de semana

Confira a programação para comemorar o Dia Internacional da Mulher durante o fim de semana

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:06/03/2020 06:00Atualização:05/03/2020 20:12
Márcia Freire volta a Brasília para o projeto Axé 90 Encontros (Marcia Freire Assessoria/Divulgação)
Márcia Freire volta a Brasília para o projeto Axé 90 Encontros
 
A capital federal recebe sábado (7/3) o projeto Axé 90 Encontros, em que artistas locais e baianos se reúnem para celebrar o momento do auge da axé music: os anos 1990. O evento começa às 21h e ocorre no clube AABB, no Setor de Clubes Sul (Tc. 2, Cj. 17/20).

Diretamente da Bahia, desembarcam na cidade a cantora Márcia Freire, a Banda Mel e o grupo DNA Salvador. O axé brasiliense será representado pelo cantor Thiago Nascimento e pelo grupo Patakundum, com participação especial do cantor Guga Cammafeu.

O evento marca o retorno de Márcia a Brasília. A artista é um dos grandes nomes da axé music. Ela se projetou no estilo musical como vocalista da banda Cheiro de Amor, em que esteve à frente do grupo em duas oportunidades, entre 1986 e 1996 e, depois, entre 2000 e 2003. No show, ela apresentará os sucessos da banda, como Vai sacudir, vai abalar, Canto ao pescador e Cheiro de amor no ar.

Outro nome que celebra o passado da axé music na noite é a Banda Mel, conhecida pelo hit Prefixo de verão. Com Alôbened — que esteve na segunda e na quarta formação do grupo — nos vocais, a banda lembrará o repertório que tem ainda sucessos como Baianidade nagô e Bateu saudade.

Os ingressos estão à venda por R$ 34,50 (sócio da AABB), R$ 57,50 (meia) e 
R$ 115 (inteira). Valores de primeiro lote. Venda em www.furandoafila.com.br. Não recomendado para menores de 18 anos.

Edição feminina


A festa Mimosa se inspira no clássico Águas de março, de Elis Regina e Tom Jobim, para a edição que será sábado (7/3), a partir das 23h, no Outro Calaf (SBS, Qd. 2, Bl. Q). Nesse clima, a balada faz ainda uma saudação às mulheres e à força feminina na cenografia e na música. A pista de dança será comandada pelas Djs Neta de Maria e Profana. Além disso, a noite terá uma apresentação especial, ainda surpresa. Os ingressos estão à venda por R$ 20 (primeiro lote e meia-entrada) no site www.sympla.com.br. Não recomendado para menores de 18 anos.

Indiana Nomma canta repertório de Jazz dos anos 1920 (Marcelo Castello Branco/Divulgação)
Indiana Nomma canta repertório de Jazz dos anos 1920

Essência do jazz


Manifestação artística originária dos Estados Unidos, o jazz surgiu no início dos anos 1900, mas as primeiras gravações vieram nos anos 1920. E é exatamente esse período que marca a edição do projeto do Jazz no Porão, em parceria com a Cervejaria Criolina, intitulado Jazz anos 20 e que ocorre no sábado (7/3), a partir das 20h, na Cervejaria Criolina (SOF Sul, Qd. 1). A década será lembrada no repertório a ser cantado por Indiana Nomma (foto), artista que coleciona participação em festivais do estilo musical e tem mais de 20 anos de carreira na capital federal. Acompanham a artista a Bradixie Band, formada por Jhoninha Medeiros (tuba), Adil Silva (trombone), Marcos Santos (trompete), Edilenio Souza (guitarra) e André Braz (bateria). Nos intervalos, o Dj Wash comanda a pista de dança. As projeções ficam por conta do Vj Nibêra. Entrada a R$ 20 (lote promocional), R$ 30 (antecipado) e R$ 40 (na hora). Valores de meia. Não recomendado para menores de 18 anos.

A cantora Thais Feitosa, do Trio Mestre Lua, canta em homenagem ao Dia Internacional da Mulher (Trio Mestre Lua/Divulgação)
A cantora Thais Feitosa, do Trio Mestre Lua, canta em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

Forró das mulheres

O tradicional Forró Ispilicute promove nesta sexta (6/3) uma edição especial para as mulheres no Cota Mil Iate Clube (SCES, Tc. 2, Cj. 26/27), a partir das 20h. Intitulada Ispilicute delas, a festa celebra o Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março. Para isso, a cantora Thais Feitosa, do Trio Mestre Lua (foto), é a grande convidada da noite. Ela se apresenta ao lado do Trio Balançado e do Dj Lêu no palco principal. O segundo ambiente tem o zouk como ritmo de ordem dos sets dos Djs Aldo, Diego, Jansen e Ana Viana. Na abertura, aulas de forró e de souk gratuitas com os professores Dark Lion, Leh Oliveira e Priscila Borges. Entrada a R$ 20 (com nome na lista até as 22h e para estudantes e mulheres a noite toda) e R$ 25 (sem nome na lista e após as 22h). Informações para lista em www.forroispilicute.com.br. Não recomendado para menores de 18 anos.
 

 A dama do samba, Francineth Germano, canta em homenagem a Elizeth Cardoso (Credito: Arquivo pessoal)
A dama do samba, Francineth Germano, canta em homenagem a Elizeth Cardoso

Damas do samba 

O projeto de samba Já Chegou Quem Faltava realiza a primeira edição de 2020 no domingo (8/3), a partir das 16h, no Círculo Operário do Cruzeiro (SRE/S AE, Lt. 9). A estreia no novo ano terá a presença da cantora Francineth Germano (foto), conhecida como a Dama do samba. A artista fará um tributo a Elizeth Cardoso, que completaria 100 anos em julho deste ano. Além das canções da homenageada, Francineth apresentará sucessos próprios, como Amor inesquecível e sambas-enredos, acompanhado dos músicos da roda de samba do Já Chegou Quem Faltava. Ingressos a R$ 10 (até as 18h) e R$ 15 (após). Valores de meia-entrada. Classificação indicativa livre.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES