Brasília-DF,
23/ABR/2019

Testemunha do passado da região, Fazenda Velha também oferece almoço para quem a visita

Passeio permite conhecer um pouco mais da história da mudança da capital federal para o centro do país

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:23/06/2013 06:00

Às 13h, é servido o almoço: para grupos de, no mínimo, 20 pessoas (Rui Faquini/Divulgação)
Às 13h, é servido o almoço: para grupos de, no mínimo, 20 pessoas

Descobrir as riquezas naturais do cerrado em fazendas e sítios é um programa tradicional em Brasília — principalmente quando acompanhado de um delicioso almoço. No caso da Fazenda Velha, o passeio ganha um ingrediente ainda mais saboroso: conhecer um pouco mais da história da mudança da capital federal para o centro do país. O local recebeu, em 1892, a Comissão Exploradora do Planalto Central, liderada por Luís Cruls, que estudou as condições físicas e climáticas da área onde surgiria o DF.


Situada na Chapada da Contagem — nomeada assim por haver um posto fiscal da Coroa Portuguesa na época —, a Fazenda Velha mostra história já na porta de entrada: ali, há um museu rural, montado em uma casa construída em 1884 e reformada em 1996 nos mesmos padrões de construção do tempo em que Cruls e equipe passaram por lá. E, claro, o local vai além da tradição e do turismo: lá também podem ser organizados eventos corporativos, aulas e festas infantis.


A diária, que custa R$ 60 para adulto e R$ 30 para criança de 5 a 12 anos, inclui almoço com refrigerante e suco, sobremesa e atividades de lazer: passeio de charrete, piscina, toboágua, pesca recreativa, parquinho, entre outros. Para desfrutar o dia na Fazenda Velha, é preciso agendar a visita e reunir um grupo de no mínimo 20 pessoas. Os visitantes podem marcar a chegada para as 9h, para tomar café da manhã e fazer um passeio pelas dependências do local, ou para as 10h, e curtir o dia até o almoço.

SERVIÇOS:

Fazenda Velha
DF-330, Quinhão 8, Núcleo Rural Capão da Erva. Preço da diária: R$ 60 para adultos e R$ 30 para crianças de 5 a 12 anos. Inclui almoço com refrigerante
e suco, sobremesa e atividades de lazer. Contato: fazendavelha@
terra.com.Br

PASSEIOS COM ALMOÇO

Rancho Canabrava
(Núcleo Rural Sobradinho I, Chácara 46; 3591-1684, 3034-3329; www.ranchocanabrava.com.br)
Aberto pela família Canabrava em 1996, o restaurante se especializou na culinária mineira. No local, também há espaço para a outra paixão de Seu Canabrava: os cavalos, que possibilitam, inclusive, passeios de charrete. Aberto para o almoço de sexta-feira a domingo e nos feriados, das 11h30 às 16h30.

Fazenda Recreio Dinizlândia
(Estrada da Feira do Produtor, Chácara 142 — Parque Sol Nascente, Ceilãndia; 3377-0730, 9969-6218 e 8138-9330)
Além da comida de roça, feita no fogão a lenha, a fazenda se especializa em turismo pedagógico, com várias atrações para os pequenos: piscinas, campo de futebol, parque, pista de kartcross e contato com animais de pequeno porte, cavalos e pôneis. De segunda a sexta, há projetos pedagógicos com alunos de escolas públicas e particulares. Aberta nos fins de semana e em feriados, das 10h às 17h.

Pesque Pague Taguatinga
(Núcleo Rural de Taguatinga, Chácara 12; 3336-7918)
O local oferece atrações para um dia completo próximo à natureza, com tanques para pesque e pague, pesca esportiva, restaurante, piscina infantil, campos de futebol para aluguel e música o vivo. Aberto todos os dias da semana, das 8h às 18h.

Trem da Serra
(Núcleo Rural Sobradinho II, Chácara 46; 3387-0304)
A propriedade rural é famosa por mostrar aos clientes a forma como o homem do campo trabalha. Aberta de sexta a domingo e em feriados, das 10h às 17h, para o almoço. O restaurante também abre para datas especiais e exclusivamente para grupos a partir de 20 pessoas.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES