Brasília-DF,
19/JUN/2018

Thaís Gulin apresenta show no Teatro da Caixa após turnês pelo Brasil e Europa

A cantora paranaense se apresenta nesta quinta e sexta-feira (24 e 25/7), sempre às 20h

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Irlam Rocha Lima Publicação:24/07/2014 06:01Atualização:24/07/2014 12:00
''Sempre tive admiração pelo trabalho de Jorge, a quem vim conhecer por meio de amigos em comum. Trabalhar com ele tem sido ótimo%u201D  Thaís Gulin, cantora (Eduardo Capem/Divulgação )
''Sempre tive admiração pelo trabalho de Jorge, a quem vim conhecer por meio de amigos em comum. Trabalhar com ele tem sido ótimo%u201D Thaís Gulin, cantora

Quando veio a Brasília pela primeira vez, em dezembro de 2012, Thaís Gulin havia lançado o segundo disco, o ôÔÔôôÔôÔ, e a carreira acabara de decolar. Depois disso, fez turnês pelo Brasil, participou do carnaval de Recife e embarcou em seguidas excursões pela Europa. Em Portugal, cantou para casas superlotadas em Lisboa, Porto e Coimbra e teve bom acolhida em Paris, Londres, Roma, Madri e Frankfurt. Há quem atribua esse sucesso inicial da cantora paranaense ao fato de ser a namorada de Chico Buarque de Holanda, que fez para ela Essa pequena. Na letra da canção, o compositor constata: "Meu tempo é curto, o tempo dela sobra/ Meu cabelo é cinza, o dela é cor de abóbora…" Thaís gravou Se eu soubesse, outra música do compositor, no álbum mais recente.

Ao retornar à cidade para apresentações hoje e amanhã, às 20h, no Teatro da Caixa, ela tem um convidado especial, o veterano Jorge Mautner, com quem dividiu o palco no Rio de Janeiro. Depois da capital, o show será levado a Fortaleza e a São Paulo. "Sempre tive admiração pelo trabalho de Jorge, a quem vim conhecer por meio de amigos em comum. Trabalhar com ele tem sido ótimo", afirma.

Jorge Mautner vai cantar Vampiro E Maracatú Atômico sozinho; e com Thaís interpreta Todo Errado e Diamante costurado no umbigo. "Ela é muito linda assim como a sua voz e o seu timbre e todo seu jeito
de cantar", derrama-se o compositor.

No espetáculo, a cantora está acompanhada pelo trio formado por Fernando Caneca (violão e guitarra), Johnson Almeida (baixo e trombone) e Marcelo Vig (bateria). O roteiro traz canções dos dois primeiros discos, entre elas Ali sim Alice (Tom Zé), Cama e mesa (Roberto e Erasmo Carlos), Água (Kassin), Garoto de programa (Zé Ramallho), a citada Se eu soubesse (Chico Buarque), Quantas bocas, que Thaís compôs em parceria com Ana Carolina e Kassin. Em Cinema Big Butts, que fez sozinha, a letra diz: “…Prefiro nossos sambistas/ Prefiro o poeta pálido, anti-homem que ri e que chora/ Que lê Rimbaud, Verlaine, que é frágil, que te adora/ Que entende o triunfo da poesia sobre o futebol/ Mas que joga sua pelada todo domingo de sol…”

ôÔÔôôÔôÔ

Show de Thaís Gulin, com a participação de Jorge Mautner, acompanhada por trio, quinta e sexta-feira (24 e 25/7), às 20h, no Teatro da Caixa (Setor Bancário Sul). Ingressos: R$ 20 e R$ 10(meia). Não recomendado para menores de 12 anos. Informações: 3206-9448.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES