Brasília-DF,
23/OUT/2018

Tiago Abravanel se apresenta em Brasília com o musical Ecléticol

Em 31 próximo, a turnê chega à cidade, e o brasiliense vai poder apreciar novamente o talento do cantor e ator paulistano no Net Live Brasília

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Irlam Rocha Lima Publicação:03/10/2014 07:50Atualização:02/10/2014 17:11
 Abravanel homenageia compositores brasileiros Roberto Carlos, Djavan, Lulu Santos, Cazuza, Ivete Sangalo e Tim Maia (Adriano Fagundes/Divulgação)
Abravanel homenageia compositores brasileiros Roberto Carlos, Djavan, Lulu Santos, Cazuza, Ivete Sangalo e Tim Maia
Tiago Abravanel foi descoberto pelo grande público ao brilhar no espetáculo Vale tudo — O musical, sobre Tim Maia. Depois, participou das novelas Salve Jorge e Jóia rara, da Rede Globo. Agora, ele exibe sua versatilidade em Eclético, show com o qual está na estrada. Em 31 próximo, a turnê chega à cidade, e o brasiliense vai poder apreciar novamente o talento do cantor e ator paulistano no Net Live Brasília (Vila Planalto).

Em Eclético, Abravanel homenageia compositores brasileiros a quem admira, como Roberto Carlos, Djavan, Lulu Santos, Cazuza, Ivete Sangalo e, claro, Tim Maia, interpretando canções compostas por eles. Não recomendado para menores de 16 anos.

Eu recomendo
O projeto Caymmi, quando se canta todo mundo bole, em comemoração ao centenário de Dorival Caymmi, será aberto hoje, às 20h, no teatro do Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Sul), com um bate-papo musical que tem à frente Stella Caymmi, autora de O mar e o tempo, biografia do avô. Entremeando as perguntas e respostas, o violonista Davi Mello faz alguns números musicais.

A partir do dia 28 deste mês, outra celebração do mestre ocorre no Museu Correios (Setor Comercial Sul), com a exposição Caymmi 100 Anos, viagem pelo universo musical e familiar do artista baiano, da qual Stella é curadora. Ambos os eventos têm entrada franca e classificação indicativa livre.

Os superstars
Três das quatro bandas finalistas do reality musical SuperStar, da Rede Globo — Malta, Jamz e Suricato — farão show, em 8 de novembro, no Ginásio Nilson Nelson. Há uma grande expectativa em relação à paulista Malta e ao seu trabalho autoral “bruto romântico”, vencedora do concurso, formada por Bruno Boncini (vocal), Thor Moares (guitarra), Diego Lopes (baixo) e Adriano Daga (bateria). A Jamz, com sua mistura de soul e pop jazz; e a Suricato, cheia de virtuosismo folk, também despertam atenção, antecipadamente. Não recomendado para menores de 16 anos.

Festival pop
O Summer Reggae, festival que, com sua primeira edição, ocupa a ExpoBrasília (Parque da Cidade) em 12 de dezembro, traz à capital duas grandes bandas da pop music: a norte-americana Soja e a brasileira O Rappa. Os ingressos estão à venda na rede de lojas Zimbrus e na Temakeria Koni. Não recomendado para menores de 16 anos.

Para comemorar
Jorge Aragão, na quarta-feira próxima, e Monique Kessous, no dia seguinte, são as primeiras atrações nacionais da programação comemorativa dos 25 anos do Feitiço Mineiro. Hoje, quem se apresenta no bar e restaurante de 306 Norte é o grupo de samba Borogodó; enquanto amanhã o público pode curtir o rock da banda On The Road — ambos brasilienses. Não recomendado para menores de 18 anos.

Debate musical
Sob o título Transversais do tempo, o Teatro da Caixa promove neste fim de semana uma série de debates, focalizando os novos rumos da música brasileira. Hoje, às 20h, o tema é A música brasileira e a mística; amanhã, no mesmo horário, A música brasileira e a universidade; e domingo, às 19h, Vertentes do Planalto Central — O rock e o choro. Shows ocorrem depois dos bate-papos. Veja a programação no roteiro. Classificação indicativa livre.

Longa parceria
O som da poesia é o nome do CD que o cantor, compositor e maestro Flávio Fonseca e a poeta Aglaia Souza lançam amanhã, às 20h, com show no Teatro Sílvio Barbato do Sesc (Setor Comercial Sul). No repertório foram reunidas canções compostas há décadas, como Velho tema, e peças mais recentes, a exemplo de Temporalidade, fruto da parceria do duo. A entrada é franca. Classificação indicativa livre.

Pura sofisticação
O requinte do som da Orquestra de Senhoritas, grupo formado em 1990 pela sofisticada pianista arranjadora Dora Galesso  é o destaque de amanhã, às 21h, no Espaço Cultural do Choro. No show, Dora, Beatriz Campos (flauta transversal), Alice Marques (oboé), Ilka Jussara (clarineta), Kátia Andrade e Márcia Pinheiro (violinos), Priscila Parente (violoncelo), Luciana Oliveira (bateria e percussão) vão homenagear quatro setentões da MPB: Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil e Milton Nascimento. Não recomendado para menores de 14 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES