Brasília-DF,
23/FEV/2018

Só Pra Contrariar e Raça Negra se apresentam juntos nesta sexta-feira

O show marca os 25 anos de carreira do SPC e 30 anos de estrada da banda de Luiz Carlos

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Adriana Izel Publicação:03/10/2014 06:55
SPC e Raça Negra tocarão juntos os principais hits dos anos 1990 (Gigantes do Samba/Divulgação)
SPC e Raça Negra tocarão juntos os principais hits dos anos 1990

Desde abril, os integrantes dos grupos Só Pra Contrariar e Raça Negra estão rodando o país com a turnê Gigantes do Samba. O projeto chega à capital nesta sexta-feira (3/10), às 22h, no estacionamento do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Saiba mais...
“Gosto muito de Brasília e voltar com o Gigantes do Samba só aumenta a expectativa”, revela Alexandre Pires, vocalista do SPC. O cantor, que retornou ao comando do grupo no ano passado e fica até 2015, conta que a concepção de unir as bandas é uma ideia antiga dele e de Luiz Carlos, líder do Raça Negra.

A reunião dos artistas veio em um momento oportuno, no ano em que o SPC completou 25 anos de carreira e o Raça Negra, 30 anos na estrada. Até por esse motivo, escolher o repertório para a apresentação dos dois grupos foi o maior desafio. “Foi difícil porque o SPC e o Raça têm uma lista de músicas que não podem faltar, mas conseguimos montar um show muito bacana”, afirma Alexandre.



Quatro perguntas para Alexandre Pires

Há algum tempo vocês estão em turnê com o projeto Gigantes do Samba. Como surgiu a ideia de unir o SPC e o Raça Negra nesse projeto?

A ideia surgiu em algumas conversas entre mim e o Luiz, até que nosso empresários se encontraram, gostaram da ideia e resolveram colocar em prática.

Como são duas bandas, como vocês conseguiram chegar a um único repertório?

É difícil montar um repertório para um show assim porque tanto o SPC quanto o Raça Negra tem uma lista de músicas que "não podem faltar" nos shows. Não foi fácil, mas conseguimos montar um repertório muito bacana.

Vocês se apresentam em Brasília, como está a expectativa para esse show?

A melhor possível. Eu gosto muito de me apresentar em Brasília, e voltar com o Gigantes do Samba só aumenta a expectativa. Gosto muito de Brasília, sempre sou muito bem recebido por aqui. Gostaria de vir com mais tempo para conhecer mais a cidade.

Há informações de que esse seria o seu último show à frente do SPC em Brasília. Isso é verdade?

Estou em turnê com o SPC até o fim de janeiro. A princípio sim, mas nada impede que a gente volte a Brasília até lá.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES