Brasília-DF,
15/JUL/2018

Roger Hodgson segue em carreira solo em show que marcaram várias gerações

Autor dos maiores hits da trupe, Hodgson brinda o público com o melhor do Supertramp nesta turnê, batizada de Breakfast in America

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Gabriel de Sá Publicação:24/10/2014 06:00Atualização:24/10/2014 11:11
Roger Hodgson: sucessos mundiais desde 1969
 (Shakpi Shivaya/Divulgação)
Roger Hodgson: sucessos mundiais desde 1969
Para quem não teve a oportunidade de assistir ao vivo a uma apresentação da banda inglesa Supertramp, hoje será possível reverter a situação - pelo menos em parte. O vocalista e guitarrista Roger Hodgson, que atuou como frontman do grupo entre 1969 e 1983, faz show logo mais no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

Autor dos maiores hits da trupe, Hodgson brinda o público com o melhor do Supertramp nesta turnê, batizada de Breakfast in America, nome do álbum lançado pelos roqueiros em 1979, com as canções The logical song, Goodbye stranger e Take the long way home.

Cofundador da banda, que passeia com desenvoltura entre o pop e o progressivo, o artista contribuiu decisivamente para o fenômeno Supertramp acontecer.

Eles venderam 60 milhões de discos pelo mundo e, nos anos 1970, encheram as rádios de sucessos. Os maiores deles estarão no shows de hoje. Em carreira solo desde os anos 1980, o músico toca também canções mais recentes, como In jeopardy e Lovers in the wind.

Confira entrevista exclusiva
O repertório do show é quase todo de músicas do Supertramp, certo?
As pessoas estão atrás de uma noite maravilhosa, com uma música incrível tocada por excelentes instrumentistas. Para aqueles que me viram com o Supertramp e mesmo para os que nunca viram a banda, estão dizendo que é possível sentir o espírito do grupo nestes shows, com os músicos que eu toco agora. São artistas de alto calibre e apaixonados pela música.
 
Quais canções são indispensáveis em suas apresentações?

Vocês irão ouvir músicas que eu escrevi ao longo de minha jornada: The logical song, Take the long way home, Give a little bit, Breakfast in America, Dreamer, School, Fool’s overture, It’s raining again… E também canções dos meus discos solo. Talvez eu toque uma ou duas músicas que ainda não tenha gravado.

Conhece a música brasileira? Algum interesse?
Há uma grande riqueza de todos os tipos de música no Brasil, e eu precisaria de um mês ou dois para mergulhar nela. Trechos que eu ouvi têm muita paixão e fogo. A música é incrivelmente diversa, rica de muitas maneiras.

Você veio algumas vezes ao país. Qual são suas impressões daqui?
O Rio é sempre um lugar bacana de se visitar. Belo Horizonte roubou meu coração. Em 2012, a última vez que eu toquei lá, o público me tocou muito profundamente. Houve algo muito especial na conexão que eu tive e senti na plateia. Foi uma noite bem emocionante. Estive rapidamente em Curitiba mas me lembro que achei a cidade bem bonita. As pessoas em São Paulo são maravilhosas e estou animado por ter tocado em Florianópolis pela primeira vez. Sempre me espanto como cada cidade é completamente diferente uma da outra e cada plateia é especial à sua maneira. Amo as pessoas e tocar para o público brasileiro.
 
Você também esteve em Brasília, em 2012.
Sim, toquei aí na minha última turnê. Eu amo a cidade: é tão única na forma como foi criada. Muitas pessoas no Brasil não falam inglês, mas sentem as canções, se conectam a elas e eu adoro quando o público canta junto.

E a comida brasileira?  
Adoro experimentar as guloseimas locais. Eu amo a comida brasileira. Há muita variedade. Não consigo nem me lembrar os nomes dos tantos pratos que comi, mas para mim a comida reflete o sabor e a diversidade do país.

Serviço
Roger Hodgson

Turnê Breakfast in America. Hoje, às 21h30, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães (Eixo Monumental). Ingressos a R$ 200 (Setor B) e R$ 120 (Superior), referentes ao valor inteiro. As áreas Vip Gold, Setor A e Gold Lateral estão esgotadas. Estudantes, idosos, professores e funcionários públicos pagam meia-entrada. Assinantes do Correio têm 60% de desconto na compra de inteira. Ingressos à venda na Central de Ingressos do Brasília Shopping (Piso G2), na Fnac (Park Shopping) e no site www. ingressorapido. com.br. Não recomendado para menores de 14 anos. Informações: 3364-0000.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES