Brasília-DF,
20/JUL/2018

Paulo Gustavo retorna a Brasília para espetáculo e provoca uma corrida por ingressos

A Mulher Feia, a Senhora dos Absurdos, além da personificação de Beyoncé são algumas das divertidas "entidades" interpretadas pelo artista

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Diego Ponce de Leon Publicação:21/11/2014 06:01Atualização:20/11/2014 14:20
Um dos personagens da comédia retrata uma dona de casa
 (Paprica Fotografia/Divulgação)
Um dos personagens da comédia retrata uma dona de casa
Desde a estreia de Minha mãe é uma peça nos cinemas, Paulo Gustavo se tornou um dos artistas mais requisitados do entretenimento brasileiro. A força da televisão e da internet o consagrou nacionalmente.

O teatro, onde ele começou, continua sendo uma importante fonte de inspiração. Depois de passar pela capital federal com Hiperativo e Minha mãe é uma peça (que deu origem ao filme), o comediante volta em uma produção de R$ 3 milhões.

A peça 220 volts, que leva o mesmo nome da atração televisiva, traz os personagens femininos consagrados na telinha. A Mulher Feia, a Senhora dos Absurdos, além da personificação de Beyoncé - à la Paulo Gustavo - são algumas das divertidas "entidades" que ocupam o Centro de Convenções (Eixo Monumental) até sábado.

Como sempre acontece, a passagem de Paulo Gustavo gerou comoção entre os brasilienses. As duas sessões programadas inicialmente logo se esgotaram. Resultado: três outras apresentações extras foram confirmadas. Ao todo, o artista encara o texto cinco vezes, em três dias.

220 volts

Com Paulo Gustavo, Gil Coelho e Christian Monassa. Participação especial de Marcus Majella. No Centro de Convenções Ulysses Guimarães (Eixo Monumental). Hoje, às 20h e às 22h30. Amanhã, às 19h e às 21h30. Ingressos entre R$ 25 e R$ 80 (valores de meia). Assinantes do Correio pagam meia. Não recomendado para menores de 12 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES