Brasília-DF,
19/FEV/2018

Músico Vinícius de Oliveira estrela o Minha agenda; confira

Conheça mais sobre este artista brasiliense

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:19/12/2014 07:25Atualização:22/12/2014 10:48
Músico Vinícius de Oliveira (Janine Moraes/CB/D.A Press)
Músico Vinícius de Oliveira
Brasília é um celeiro de talentos do samba. Aos 28 anos, Vinícius de Oliveira é um dos expoentes do estilo na capital federal e consolida o nome na cena cultural da cidade e fora daqui também. O jovem sambista começou a tocar aos 15 anos e hoje se prepara para ir além. Membro dos grupos Adora Roda e Filhos de Dona Maria, ele já prepara o primeiro disco solo para lançar após o carnaval de 2015. O trabalho inédito trará músicas autorais do cantor e compositor, que tem como inspiração a obra de Cartola, Dona Ivone Lara e outros nomes de vanguarda. É a música que dá o tom também aos fins de semana do músico, que encontra amigos em rodas de samba e em feiras.

Sábado

Manhã
O fim de semana de Vinícius de Oliveira rima com trabalho. Como a agenda de show começa na sexta-feira à noite, a manhã de sábado é dedicada ao descanso.

Tarde
Normalmente, o sambista toca no Armazém do Ferreira (202 Norte). "É um momento em que o meus amigos vão me prestigiar. E também é uma boa hora para fazer novas amizades", diz Vinícius, que depois do show não dispensa os petiscos do bar.

Noite
Sábado é dia de samba e trabalho. Quinzenalmente, Vinícius se apresenta com o grupo Adora Roda no Clube Cresspon (SCEN). Quando há uma folga, ele aproveita para ir a shows de outros artistas ou desfrutar das diversas opções culturais de Brasília.

Domingo

Manhã
Desde setembro, Vinícius participa do projeto Samba nas Feiras. A cada domingo, um sambista é homenageado. "O público tem recebido muito bem. As pessoas até passaram a acompanhar o projeto pelas feiras de outros bairros só para prestigiar a gente", conta.

Tarde
Mesmo sem tempo para descanso, o sambista aproveita para almoçar nos lugares onde toca. Aos domingos, por exemplo, ele se reveza nas duas unidades do Primeiro Bar, onde degusta pratos como o Confusão, que reúne vários itens do cardápio da casa.

Noite
Quando não tem show marcado, o cantor gosta de ir ao teatro, especialmente para assistir a musicais. Um dos últimos que chamou a atenção dele foi Tradição viva, que esteve em cartaz na Funarte.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES