Brasília-DF,
23/JUL/2018

Mariana Aydar interpreta repertório dos três dicos em show em Brasília

A cantora se apresenta neste sábado, na Praça Central do Shopping Iguatemi, às 18h30

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Anna Beatriz Lisbôa - Especial para o Correio Publicação:20/02/2015 07:05
Mariana Aydar: 'Acredito muito na minha geração, que é corajosa e faz seu próprio som, respeitando a música, em primeiro lugar' ( Mariana Aydar/Divulgação)
Mariana Aydar: "Acredito muito na minha geração, que é corajosa e faz seu próprio som, respeitando a música, em primeiro lugar"
A paulistana Mariana Aydar volta a Brasília neste sábado (21/2) para apresentar um show gratuito na Praça Central do Shopping Iguatemi. A cantora passeará pelo repertório de seus três discos, além de reservar algumas surpresas para o público. Canções como Nada disso é pra você e Preciso do teu sorriso estarão no setlist.

A última é uma das faixas de Cavaleiro selvagem aqui te sigo, o álbum mais recente, lançado em 2011. O romântico xote, gravado em parceria com Dominguinhos, dá o tom do disco, classificado pela artista como seu mais nordestino. “O trabalho nasceu a partir das minhas composições que tinham em seu DNA uma pegada mais afro-brasileira. Com o maestro Letieres Leite e Duani no comando, a brasilidade se intensificou”, explica Mariana. Para seu próximo disco — ainda sem data de lançamento—, a cantora enfocará a obra do artista plástico e compositor Nuno Ramos.

Depois de quase dois anos fora dos palcos brasilienses, Mariana se diz contente em reencontrar o público. “A última vez foi muito bonita, pois estava grávida de oito meses e minha filha nasceu duas semanas depois. Estou muito feliz em voltar.”

Duas perguntas para Mariana Aydar

Antes de lançar seu primeiro disco solo, você passou muito tempo viajando, juntando influências musicais. Como isso se reflete em sua sonoridade?

Foi muito importante para o meu crescimento como pessoa e, consequentemente, como artista. Pude conhecer a cultura e a música do mundo e ver o Brasil de fora, tanto o lado bom quanto o ruim. Descobri-me completamente apaixonada pelo Brasil e pela música brasileira e tive a certeza de que era isso que eu queria cantar para sempre.

Você colaborou com artistas dos mais diferentes estilos. De que maneira o tradicional e o contemporâneo dialogam em sua música?

É um diálogo natural, intrínseco à minha vida e, consequentemente, à minha música. Sou muito grata a todos os mestres que me ensinaram e por ter tido a sorte de cantar com Dominguinhos, Emílio Santiago, Leci Brandão, Caetano Veloso, Elba Ramalho, João Donato... Também acredito muito na minha geração, que é corajosa e faz seu próprio som, respeitando a música, em primeiro lugar.

Mariana Aydar

Sábado, às 18h30, na Praça Central do Iguatemi Brasília (SHIN CA 4, Lote A – Lago Norte). Entrada gratuita. Classificação indicativa livre.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES