Brasília-DF,
25/JUN/2018

Projeto Os filhos dos caras traz Luciana Mello e Jair Oliveira a Brasília

Os herdeiros de Jair Rodrigues se apresentam neste sábado e domingo no Centro Cultural Banco do Brasil

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Maíra de Deus Brito Publicação:20/03/2015 07:05Atualização:19/03/2015 10:35
 Luciana Mello homenageia o pai, Jair Rodrigues, no domingo (Ike Levy/Divulgação)
Luciana Mello homenageia o pai, Jair Rodrigues, no domingo

Jair Oliveira abre, neste sábado, às 21h, a série de cinco shows do projeto Os filhos dos caras, no Centro Cultural Banco do Brasil. Domingo, às 20h, é a vez de Luciana Mello subir ao palco.

Até 29 de março, Max de Castro, Simoninha e Léo Maia homenageiam suas referências pessoais e artísticas: os pais. Jair Rodrigues, Wilson Simonal e Tim Maia serão lembrados em uma mistura de canções imortalizadas por eles e sucessos dos herdeiros.

“Devo mostrar composições do disco mais recente, 6º solo, além de clássicos do meu pai, como Não deixe o samba morrer e Disparada”, adianta a cantora.

Duas perguntas Luciana Mello

Existe a chance de você e seu irmão, Jair Oliveira, cantarem juntos?


Infelizmente, não. Chego a Brasília no domingo, dia em que ele vai embora da cidade. Há algum tempo, fazemos juntos o show Família Rodrigues. Espero, em breve, levar para a capital esse projeto.

Quais são os planos para 2015?

Gravarei meu primeiro DVD solo e darei seguimento ao projeto Fotografilhos, blog do meu marido, Ike Levy, que fala de fotografia, família e dá dicas de diversão para as crianças.

Em maio completa 1 ano da partida dele. Vocês planejam alguma homenagem? Jair Rodrigues deixou algo inédito?

Estamos conversando sobre isso e preparando o que vamos fazer para homenageá-lo nessa data. Há alguns dias, lançamos uma gravação inédita do meu pai no “S de Samba Sessions”. O vídeo está disponível no canal do projeto no Youtube.

Qual foi legado mais importante que seu pai deixou?

Ele deixou a música, a alegria, as canções belíssimas que interpretou. Ele sempre fez questão de gravar novos compositores, como o Geraldo Vandré, na época de lançamento de Disparada. Jair Rodrigues foi um homem família, humilde e que deixou muitos ensinamentos.

Os filhos dos caras
Sábado, às 21h, show com Jair Oliveira; e domingo, às 20h, com Luciana Mello, no Teatro I do Centro Cultural Banco do Brasil (SCES, Tc. 2, Cj. 22). Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia). Informações: 3108-7600. Classificação indicativa livre.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES