Brasília-DF,
22/SET/2018

Peça Cansei de tomar Fanta faz radiografia da relação entre homens e mulheres

A atriz Christiane Santarem interpreta Angela e o ator Kaiki Mattheis vive Alberto

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Samir Mendes - Diversão & Arte Publicação:17/04/2015 07:43
Casal do espetáculo divide a mesa do bar com a plateia ( Estúdio Sartoryi /Divulgação)
Casal do espetáculo divide a mesa do bar com a plateia

Com texto do premiado dramaturgo, crítico teatral e ator Alberto Guzik, e dirigida por Marizilda Dias Rosa, a peça Cansei de tomar Fanta faz uma radiografia da relação entre homens e mulheres nos dias atuais. Para tanto, coloca em cena um casal em começo de relacionamento para demonstrar as diferenças de comportamentos e expectativa em relação ao futuro, tudo com bastante humor.

 “O nome da peça faz uma analogia a problemas cotidianos frequentes em qualquer relacionamento. A Fanta simboliza tudo que não é dito e incomoda em uma relação, ou seja, os problemas que são enlatados e tomam uma enorme proporção”, explica os ator Kaiki Mattheis, que vive Alberto. A atriz Christiane Santarem interpreta Angela.

Apesar de o assunto da guerra dos sexos ser bastante abordado em diversos meios, os protagonistas garantem que Cansei de tomar Fanta apresenta novidades na discussão.

“A peça retrata esse conflito de forma extremamente natural. O fato de o público fazer parte do cenário da peça, que é a recepção de um bar, facilita a identificação com as personagens que estão na mesa ao lado”, diz Christiane.

O frescor e a modernidade são também preocupações da comédia na hora de retratar o papel da mulher no relacionamento. “Angela é vista como uma autêntica mulher contemporânea, que faz questão de que o homem não pague a conta, pois ela é independente, tem uma profissão e é dona de sua razão”, define a atriz.

Cansei de tomar Fanta

Texto de Alberto Guzik; direção de Marizilda Dias Rosa; com Kaiki Mattheis e Christiane Satarem. Teatro Dulcina de Moraes (CONIC, ED. FBT). Hoje e domingo, às 20h; e amanhã, às 20h e às 22h. Ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Não recomendado para menores de 12 anos. Informações: 8532-5106.
Tags: celular

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES