Brasília-DF,
18/FEV/2018

Tropicalismo é pano de fundo para o espetáculo Contra o vento (um musicaos)

A peça conta a história de um diário (fictício), que teria sido encontrado na demolição do Solar da Fossa. O livro tem, presas à capa, somente as primeiras páginas, datadas de 1967, e as do fim, de 1969

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Irlam Rocha Lima Publicação:07/08/2015 07:02Atualização:07/08/2015 10:18
As páginas de um diário foram o mote para Contra o vento (Renato Mangolin/Divulgação)
As páginas de um diário foram o mote para Contra o vento


Na década de 1960, existiu no bairro de Botafogo, no Rio de Janeiro, uma pensão chamada Solar da Fossa, hospedou artistas em início de carreira que, tempos depois, se tornaram nomes destacados da arte e da cultura brasileira. Foi lá (onde hoje existe o shopping Rio Sul), por exemplo, que foi deflagrado o Tropicalismo. É que, entre outros, viviam ali Caetano Veloso, Gal Costa, Torquato Neto e Rogério Duarte, pilares do movimento vanguardista.

O Solar da Fossa é pano de fundo para o espetáculo Contra o vento (Um musicaos), que está em cartaz no teatro do Centro Cultural Banco do Brasil, encenado por atores, cantores e músicos cariocas, sob a direção de Felipe Vidal. “O brasiliense vai embarcar numa viagem no tempo e relembrar um dos momentos mais criativos das artes e do pensamento do passado recente de nosso país e a efervescência dos anos 1960”, afirma ele.

A peça conta a história de um diário (fictício), que teria sido encontrado na demolição do Solar da Fossa. O livro tem, presas à capa, somente as primeiras páginas, datadas de 1967, e as do fim, de 1969. Todo o conteúdo do meio estaria espalhado por entre páginas desordenadas, organizadas em três blocos: Panis et circensis, Sinal fechado (Paulinho da Viola também morou na pensão) e Três da madrugada.

Contra o vento (Um musicaos)
Espetáculo encenado por atores, cantores e músicos cariocas, sob a direção de Felipe Vidal, hoje, às 20h; amanhã e domingo, às 18h, Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Sul). Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia). Não recomendado para menores de 16 anos. Informações: 3108-7600.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES