Brasília-DF,
18/OUT/2017

Festivais de dança valorizam a diversidade artística brasiliense

O Festival Internacional da Nova dança e a mostra XYZ são destaque na programação da capital

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:19/02/2016 06:00

Guarda sonhos, de Tainá Barreto, faz parte da programação do Novadança (Renata Pires/Divulgação)
Guarda sonhos, de Tainá Barreto, faz parte da programação do Novadança
 

Aliando teatro, dança e música de maneira poética e reflexiva, grupos de Brasília trazem à capital as mostras de dança Festival Internacional da Novadança e XYZ. No palco, o público poderá conferir a diversidade e a sensibilidade dessa forma de arte.

O Festival Internacional da Novadança vai até 4 de março. O curador e idealizador, Giovane Aguiar, explica que a programação da 18ª edição se divide em estilos como dança contemporânea, novadança e dança burlesca.

Hoje o público pode acompanhar mostra de vídeo para celular, workshop com Valdemar Piauí e o espetáculo Behind the clothes, na Usina Centro de Arte e Entretenimento. Amanhã será a vez do espetáculo Guarda sonhos, de Tainá Barreto. No domingo terá apresentação do espetáculo Por um triz, com Beatriz Martins.

Diversidade

A mostra de dança XYZ, idealizada em 2006 pelo produtor cultural Marconi Valadares, chega à 4ª edição com o desafio de apresentar a grande amplitude da dança contemporânea. A mostra valoriza a arte brasiliense, com a criação de espaços para difusão dos trabalhos de bailarinos da capital.

“A ideia é buscar uma seleção de trabalhos que mostre como a dança contemporânea é diversificada e como os coreógrafos estão trabalhando pra mostrar seus trabalhos”, conta Marconi.

O evento começa hoje, na galeria Athos Bulcão, com abertura da exposição De carne e concreto — Uma instalação coreográfica, da Anti Status Quo Cia. de Dança, com coreografia criada por Luciana Lara.

Amanhã, a partir das 12h, no Setor Bancário Sul, o público pode conhecer Árvore/plantação, trabalho da cearense Clarice Lima, que propõe também um workshop. Às 21h, entra em cena 3 solos em 1 tempo, de Denise Stutz, na galeria Athos Bulcão. Já no domingo, o público pode conhecer O livro, de Margô Assis, de Belo Horizonte.

A programação conta ainda com o lançamento do site interativo da mostra, atividades formativas, workshops e seminários de artistas de Brasília, Teresina, Goiânia, São Paulo e Maceió.

SERVIÇO


4ª XYZ

Árvore/plantação. Setor Bancário Sul. Amanhã, a partir das 12h. Performance urbana e workshop da artista Clarice Lima. Entrada gratuita. Classificação indicativa livre. 3 solos e 1 tempo. Galeria Athos Bulcão (Eixo Monumental, via N2). Amanhã, às 21h. Apresentação de Denise Stutz em performance que une três de suas obras. Entrada gratuita. Não recomendado para menores de 14 anos. O livro. Galeria Athos Bulcão (Eixo Monumental, via N2). Domingo, às 20h. Espetáculo que une três trabalhos anteriores de Denise Stutz. Entrada gratuita. Não recomendado para menores de 14 anos.

Festival Internacional Novadança

Mostra de vídeo para celular (Estação de metrô Furnas), hoje, das 10h às 13h; espetáculo Behind the clothes, da Plataforma Shop Sui, de São Paulo. (No Teatro Yara de Cunto, Usina Centro de Arte e Entretenimento), hoje, às 21h, espetáculo Guarda sonhos, de Tainá Barreto, amanhã, às 21h; espetáculo Por um triz, com Beatriz Martins da Cia Instrumento de Ver (Teatro Yara de Cunto, Usina Centro de Arte e Entretenimento), domingo, às 21h. Entrada para os espetáculos: R$ 20 e R$ 10 (meia). Não recomendado para menores de 18 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES