Brasília-DF,
14/DEZ/2018

Trupe de argonautas apresenta espetáculo com zumbis

'Paradoxo zumbi' discute sobrevivência e consumismo do ser humano

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:21/10/2016 07:00
A estética zumbi é usada em 'Paradoxo zumbi' para discutir temas como o consumismo (Iasmim Kalil/Divulgacao)
A estética zumbi é usada em 'Paradoxo zumbi' para discutir temas como o consumismo
 
Se nas séries e filmes os zumbis aterrorizam as pessoas, na peça Paradoxo zumbi o ícone da cultura pop atual é atração de shows e espetáculos de um futuro devastado pela praga. Isso porque após a ameaça ser controlada, as criaturas restantes, cobaias em pesquisas científicas, são aproveitadas para entreter o público.
 
Com isso, tudo que é associado a eles se torna subproduto de consumo. O objetivo da peça é relacionar o tema com discussões sobre definição do ser humano, sobrevivência e consumismo. Para dar vida a essas questões, técnicas de circo e dança, em sintonia com a música e a linguagem teatral, desenvolvem o enredo dramatúrgico.
 
A maquiagem, realizada pela equipe coordenada por Cyntia Carla, ajuda a trazer veracidade à encenação, destacando aspectos marcantes de cada personagem. Cyntia assina a direção-geral, além do figurino e cenário. Já a direção de cena fica por conta do ator e diretor brasiliense Abaetê Queiroz.
 
O espetáculo é estrelado pelos multi-artistas da Trupe de Argonautas, fundada há 11 anos por profissionais de dança, circo e teatro.

SERVIÇO
Paradoxo zumbi
Espaço Pé Direito (Vila Telebrasília, R.1 Cs. 23). Hoje e amanhã, às 21h, e domingo, às 20h. Ingressos a R$ 30 e R$ 15 (meia). Não recomendado para menores de 18 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES