Brasília-DF,
21/JUN/2018

Nova casa de pôquer é inaugurada hoje em Brasília

Pôquer mescla sorte e raciocínio, com jogadas que podem render prêmios em dinheiro. Vale até blefar!

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:21/10/2016 06:45
O pôquer é legalizado desde 2011 no Brasil e vem ganhando adeptos na cidade (Monique Renne/CB/D.A Press)
O pôquer é legalizado desde 2011 no Brasil e vem ganhando adeptos na cidade

Antes considerado um jogo de azar, o pôquer é legal desde 2011 e vem ganhando adeptos. Grandes nomes, como os jogadores de futebol Ronaldo e Neymar, se tornaram garotos-propaganda de marcas relacionadas ao jogo, como o site Pokerstars.

A partir da legalização, algumas casas especializadas vêm abrindo e consolidando a prática legal no país, com torneios diários abertos para o público em geral. As casas oferecem uma variedade de modalidades e tamanhos de prêmios.
 
No Distrito Federal, a P2W está aberta desde junho do ano passado e oferece duas modalidades de pôquer: Omaha e Texas Hold’em e várias maneiras de jogar. Henrique Almeida, um dos sócios da casa, explica como funcionam os torneios: “Todos têm premiação garantida. Por exemplo, o torneio beneficente são R$ 3 mil garantidos, você entra com um litro de leite e ganha cinco mil fichas. Se você perder pode recomprar, mas precisa de R$ 20”.
 
Henrique ainda reforça que a abertura da casa também é uma tentativa de legitimar o jogo, que ainda sofre preconceito de algumas pessoas. “Como antigamente o pôquer era mais fechado, não era bem-visto, a gente abriu o clube para que as pessoas pudessem ter outra visão, de entretenimento”, disse.
 
Parte dessa tentativa também é feita por Verônica Salinas, dona da Casanova Poker Lounge, que será inaugurada para o público hoje. Além de ser mais uma opção para os jogadores, a casa também terá uma escola de pôquer para os novatos. 
 
Ao ter a ideia de abrir a casa, a empresária ainda não sabia jogar e a experiência do aprendizado a fez ver a necessidade de criar uma escola. “Precisava de gente com didática para me ensinar. Fiz uma parceria com o Brasil poker (portal especializado no jogo) e vamos fazer as aulas fisicamente na casa”, confirmou.
 
Verônica ainda defende o jogo como um esporte da mente, assim como o xadrez. “O pôquer não é só um jogo de cartas, a gente desenvolve muita coisa, a observação, a estratégia, a coragem e a paciência.”.

Campeonato Brasiliense

No mês passado, o estádio Mané Garrincha sediou a quarta etapa do Campeonato brasiliense de pôquer. Foram 22 modalidades nos nove dias de torneio, com a premiação garantida chegando a R$ 180 mil. Organizada pela Confederação Brasileira de Texas Hold’em e pela Federação Brasiliense de Pôquer, o torneio principal teve 700 entradas e foi vencido pelo brasiliense Phelipe Vasconcelos.

Saiba mais

Omaha 
Na modalidade os jogadores recebem quatro cartas e outras cinco são abertas na mesa para que todos componham pares, trincas e quartetos. Cada jogador tem que usar duas cartas da mão e três da mesa para tentar o jogo mais valioso.

Texas Hold’em 
Essa é a modalidade do pôquer mais conhecida no mundo, segundo o Poker Stars. Aqui, os jogadores recebem duas cartas que devem ser combinadas com as cinco abertas na mesa. A diferença para o Omaha é que, aqui, ele pode usar quantas cartas quiser da mão e da mesa

SERVIÇO
Casanova poker lounge
(Setor Hoteleiro Norte Q.2). Horário de funcionamento: das 15h às 6h. Proibida a entrada de menores de 18 anos.
 
P2W
(Sces Tr.2 Asa Sul). Horário de funcionamento: das 14h às 6h. Proibida a entrada de menores de 18 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES