Brasília-DF,
20/NOV/2018

Só Para Contrariar apresenta sua nova fase domingo no Capella Lounge

Sem Alexandre Pires, Fernando e João Júnior Pires dividem os vocais do grupo

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Adriana Izel Publicação:18/11/2016 06:45
O grupo agora traz no vocal Fernando Pires acompanhado por outro irmão dos artistas João Júnior Pires (Bravo Assessoria/Divulgação)
O grupo agora traz no vocal Fernando Pires acompanhado por outro irmão dos artistas João Júnior Pires
 
Depois de rodar o Brasil com a turnê comemorativa dos 25 anos, o Só Pra Contrariar (foto) começa uma nova fase, que será apresentada na capital no domingo, às 22h, no Capella Lounge, em Taguatinga. Sem Alexandre Pires nos vocais, agora o cargo volta a Fernando Pires e ainda para o novo cantor do grupo, outro irmão dos artistas, João Júnior Pires. “Estamos com um novo vocalista, que é nosso irmão caçula, que é um grande cantor e compositor. Acho que ele precisava dessa oportunidade”, analisa Fernando Pires.

João Júnior Pires divide os vocais do SPC com Fernando no recém-lançado EP Samba pop, que possui oito faixas inéditas e uma regravação, a canção Para gente ser feliz. “Pelo novo ciclo, achávamos que devíamos gravar algo novo, mais moderno”, afirma.

O grupo mineiro apresenta pela primeira vez o projeto SPC convida, que acontece há cinco anos, uma vez por mês, em Uberlândia (MG), com convidados especiais. Em Minas, o evento recebeu Léo Santana, Alexandre Carlo, Toni Garrido e Thiaguinho. Já a estreia na capital federal contará com a presença de Rodriguinho. No repertório, estarão duas faixas do novo EP, além dos clássicos do SPC. “Estamos com essas duas músicas de trabalho Para gente ser feliz e Cai fora”, completa Pires.

Antes e depois do show, o som fica com DJ Will Bryan. Os ingressos custam R$ 30 (pista) e R$ 50 (camarote). Valores de meia-entrada e sujeitos a alteração. Não recomendado para menores de 18 anos. 

Duas  perguntas // Fernando Pires

Depois de uma turnê comemorativa dos 25 anos do SPC vocês retornam com um disco de inéditas. Era importante se distanciar do outro trabalho?
Esse é meu primeiro álbum como produtor, em que assumi por inteiro a produção. É um álbum diferente, com uma pegada moderna, mas é lógico que dentro do que a gente faz, que é samba. Fomos escolhendo um repertório até chegar nesse resultado, que ficou bem bacana. Faziam quase três anos que a gente não gravava algo novo.

A família Pires é muito musical. Como foi esse envolvimento de vocês com a música?
A família inteira viveu e vive de música. Vivemos isso muito por meio de nossos pais. Meu pai era baterista e minha mãe cantora. Eles tinham uma banda de baile em Uberlândia, foi assim que surgiu nosso envolvimento no movimento musical. Eles ensaiavam lá em casa e depois a gente pegava os instrumentos e tocava. O João, que é mais novo, viu a música muito por meio do SPC. Ele era moleque e viu todo o crescimento do SPC. Acho que foi muito importante essa base musical que tivemos em família.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES