Brasília-DF,
21/NOV/2017

O carnaval acabou, mas a festa não! Confira as festas do fim de semana

De 'trapnobrega' a hits do axé dos anos 90 e 2000, as festas desse fim de semana prometem continuar o espírito de festa depois do carnaval

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:03/03/2017 06:00Atualização:02/03/2017 18:09
A banda Recalque, que mistura o trap com o brega, se apresenta na festa Catupasloka (Sarah Peres/Esp. CB/D.A Press)
A banda Recalque, que mistura o trap com o brega, se apresenta na festa Catupasloka
 
 

“Ipi ipi urra” 

Embora a atração principal esteja reservada para amanhã, as celebrações do primeiro ano do Espaço Secreto começam um dia antes. Para aplacar o calor, a festa Catupasloka exalta uma das bebidas mais populares do momento: a catuaba.
 
O line-up tem a exótica Banda Recalque (foto), que faz versões de músicas pop com uma leitura batizada de “trapnobrega”, um misto de trap e brega. Outras cinco atrações compartilham o setlist eclético, que vai de pop trash a axé. Quem chegar cedo leva vantagem: 100 litros de catuaba e de chope serão distribuídos gratuitamente. Os 100 primeiros pagam R$ 15. Quem confirmar presença no evento no Facebook desembolsa de R$ 20 a R$ 50. Sem a confirmação, o ingresso custa R$ 50. Não recomendado para menores de 18 anos.

Para vestir o abadá

Quem é do tempo em que eventos como a Micarê Candanga, o Brasília Indoor e a Festa Trio faziam milhares de brasilienses saírem de casa vai curtir a proposta da Micaretinha, hoje, às 22h, no Outro Calaf (SBS Qd. 2, Bl. Q).
 
Se trechos de músicas como “O asa arreia” (de Quando o Asa passar), da baiana Asa de Águia, desperta sua memória afetiva, prepare-se para ouvir esse e outros sucessos que marcaram as décadas de 1980, 1990 e 2000.
 
No palco estarão o bloco Me engana que eu toco, o MC Markinho, o DJ Futuro (residente da festa Quinta sem juízo) e o DJ Gui Campanema. Com nome na lista mais abadá ou fantasia, a entrada é franca até as 23h. Sem figurino a caráter, o ingresso custa R$ 20, com o nome na lista e até o mesmo horário. Após as 23h, R$ 30. Sem confirmação prévia, paga-se R$ 40, preço sujeito a alteração. Só para maiores de 18 anos.

Ziriguidum sem fim

Engana-se quem pensa que os festejos de carnaval morreriam com chegada da quarta-feira de cinzas. Amanhã, a partir das 14h, o bloco B da 408 Norte vai ser ponto de encontro do Bloco do Rivotril, que chega à sétima edição em 2017, pregando a diversidade e a liberdade. Entre as atrações, que se revezam até as 22h, a banda Maluco Voador surge com maracatu e o coletivo de percussão Nota Show dá o tom carnavalesco. Às 19h, tem desfile de rua em carro alegórico para tirar a fantasia do armário e curtir como se ainda fosse fevereiro.

Na batida do funk

O casamento entre o suingue carioca e as batidas das comunidades do estado é a premissa de Funkzona, segunda edição da festa que acontece hoje, às 22h, no Espaço Cultural Canteiro Central (SCS Qd. 3, Bl. A, Lt. 210). De Deu onda a Dia de maldade, o set foi preparado para todo mundo fazer o quadradinho — de preferência em cima dos carretéis gigantes que a produção espalhará pelo local. Até as 23h, a entrada é franca, mas precisa retirar ingresso no www.sympla.com.br. Depois desse horário, custa entre R$ 10 (para quem mostrar o tíquete impresso no site) e R$ 20 (para quem não exibi-lo). Não recomendado para menores de 18 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES