Brasília-DF,
20/NOV/2017

Releitura de 'O mágico de Oz' tem pegada jovem e toque feminista

O espetáculo pode ser conferido amanhã e domingo, no Teatro Sesc Goldoni

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Deborah Novais* Publicação:31/03/2017 06:05Atualização:30/03/2017 13:56
Dorothy e sua turma voltam ao palco neste fim de semana (Giovanna Bembom/Divulgação)
Dorothy e sua turma voltam ao palco neste fim de semana

O grande clássico infantil O mágico de Oz e o famoso par de sapatos vermelhos estão de volta aos palcos, em adaptação que conta com elenco composto na maior parte por atrizes mirins, com idades entre 10 e 14 anos. Para a diretora Paula Hesketh, é a mesma história, só que ocorrendo em 2017. “O diferencial maior está na parte estética da peça: os figurinos e cenários são todos voltados para o público teen e as músicas também estão com uma pegada mais jovem. O texto foi levemente modificado, e a história agora ficou um pouco feminista”, conta.
 
Há uma importante modificação na releitura: o mágico é uma mulher. “Escolhi fazer essa modificação para chamar um pouco a atenção do público para a desigualdade, principalmente de gênero, que temos. Sempre achei a desculpa daquele homem, que os personagens julgam farsante por estar ali, um pouco sem pé nem cabeça. Então, decidi dar um real motivo para uma pessoa estar por trás do nome O mágico de Oz”, declara Paula. O elenco da peça, feita pela Trupe Trabalhe Essa Ideia, também conta a participação especial de um cachorro de verdade.

SERVIÇO
O mágico de Oz
Teatro Sesc Goldoni (208/209 Sul, lt. A, Ed. Casa d’Itália; 98120-0697). Amanhã e domingo, às 17h. Entrada: R$ 20 (meia-entrada). Classificação indicativa livre.

* Estagiária sob supervisão de Vinicius Nader 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES