Brasília-DF,
22/OUT/2017

Eduardo Camões mistura fotografia e pinturas em 'EUA e Brasil'

A exposição está na Casa Thomas Jefferson e adiciona cores a imagens do passado

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Nahima Maciel Publicação:05/05/2017 06:00
O Rio Antigo ganha cores pelas telas de Eduardo Camões (Reprodução/Divulgação)
O Rio Antigo ganha cores pelas telas de Eduardo Camões
 
Eduardo Camões recorre à fotografia do século 19 para realizar as pinturas apresentadas em EUA e Brasil, na Casa Thomas Jefferson. As imagens registradas no passado servem de base para as telas hiperrealistas nas quais imagina como seria o Rio de Janeiro antigamente caso a fotografia colorida já existisse.
 
Para auxiliar na reconstituição topográfica dos locais, o artista também utiliza fotografias contemporâneas feitas por ele mesmo. “A partir daí começo a recriar o local como se tivesse entrado em uma máquina do tempo e tirado uma foto no século passado”, explica.
 
Camões acredita que há uma lacuna na história do Brasil referente ao registro das paisagens do país no século 19. A arte e as representações europeias eram mais valorizadas e os artistas brasileiros ficavam esquecidos em detrimento de pintores europeus. Sobre o tema, o artista editou quatro livros, três sobre o Rio e um sobre Recife.

Serviço
EUA e Brasil
Abertura hoje, às 18h30. Visitação até 27 de maio, de segunda a sexta, das 9h às 21h, e sábado, das 9h às 12h, na Casa 
Thomas Jefferson (SEP Sul 706/906)



COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES