Brasília-DF,
20/NOV/2017

Alexandre Nero chega à capital com 'O grande sucesso'

Na peça, encenada no Teatro Unip, o ator divide o palco com antigos amigos

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira Publicação:26/05/2017 06:00Atualização:25/05/2017 13:37
Alexandre Nero:
Alexandre Nero: "Vivemos numa cultura onde só o 'sucesso' é valorizado, mas, na verdade, não existe esse tal sucesso intocável, muito menos permanente"
 
Não pense que a vida de ator se resume a glamour, prêmios e reconhecimento. Como qualquer profissão, é também repleta de instabilidade. Um dia, pode-se estar nos holofotes, em capas de revista e faturando alto com a presença em horário nobre. No outro, entrar para o segundo escalão, escanteado por alguma emissora ou em busca de patrocínio para a peça pelo qual se engajou. Alexandre Nero frequentou os dois mundos e não se deslumbrou com o primeiro.
 
Este é um dos vieses de O grande sucesso, que conta com o ator no elenco e será apresentada na capital, de hoje a domingo, no Teatro Unip. O pontapé da apresentação recheada de metalinguagem e bom humor é a coxia de um teatro, com um elenco que divaga sobre questões existenciais enquanto aguarda entrar em cena.
 
Nero está praticamente em casa. Divide esses momentos com amigos com os quais contracenou no início da carreira, antes de se mudar para o Rio de Janeiro e virar um astro da Rede Globo. Como ele, Rafael Camargo, Eliezer Vander Brock, Fernanda Fuchs, Fabio Cardoso, Edith de Camargo também são músicos, fator que confere uma dinâmica especial à apresentação, com direção musical de Gilson Fukushima e texto de Diego Fortes.
 
Embora tenha o universo das artes cênicas como foco, O grande sucesso não é uma peça atraente apenas para atores. As metáforas e as reflexões discorrem sobre sucesso e fracasso, elementos comuns à nossa existência. É, por fim, um tratado sobre as dores e delícias de ser humano.
 
Duas perguntas // Alexandre Nero
Qual a principal mensagem que a peça transmite ao público?
Já queria há algum tempo fazer um espetáculo que falasse da relação entre sucesso e fracasso. Vivemos numa cultura onde só o sucesso é valorizado, mas, na verdade, não existe esse tal sucesso intocável, permanente. O espetáculo fala de artistas que estão no segundo escalão, no limbo, onde todos poderemos estar novamente. 
 
O fracasso pode ser tão importante quanto o sucesso?
Independentemente de esforço e talento, os fracassos simplesmente acontecem e eles nos engrandecem, nos ensinam. São essas e outras questões que a gente quer discutir. Mas a peça não fala só de sucesso e fracasso. A gente se utiliza da linguagem do teatro para falar de uma coisa muito simples e muito complexa: a vida.
 
SERVIÇO
O grande sucesso
No Teatro Unip (913 Sul; informações 3703-5580). Hoje e amanhã, às 21h; e domingo, às 20h. Ingressos a R$ 100 (inteira) e R$ 25 (meia). Não recomendado para menores de 14 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES