Brasília-DF,
18/NOV/2017

Espetáculo transita entre as dimensões de espaço e tempo

As atrizes utilizam da poética para abordar temas que precisam ser discutidos

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Isabella de Andrade - Especial para o Correio - Publicação:26/05/2017 06:00

Cria une, no palco, elementos de iluminação e música
 (Diego Bresani/Divulgacao)
Cria une, no palco, elementos de iluminação e música

O espetáculo Cria se coloca em cena como um jogo poético para mostrar os caminhos percorridos por duas mulheres ao se deparar com a possibilidade de transitar entre o espaço e tempo. As atrizes Caísa Tibúrcio e Nara Faria sobem ao palco para falar, de maneira humorada e poética, de temas como solidão, utopia e guerra.

 

No palco, as personagens transitam por diferentes dimensões, espaços e sentimentos. Os temas trabalhados foram escolhidos a partir dos estímulos enviados pelas próprias atrizes, que colaboraram com a dramaturgia a partir de experiências cotidianas.

 

A montagem foi criada a partir de uma pesquisa sobre a musicalidade na cena e utiliza recursos de iluminação para levar ao público a proposta de imagens poéticas na cena. Os elementos de comicidade entram com a presença da diretora Ana Flavia Garcia, que é atriz, palhaça e produtora cultural. Para a diretora, a comicidade aparece como importante elemento para tratar temas mais sensíveis e mostrar a dura realidade enfrentada por diversas mulheres contemporâneas.

 

Serviço

 

Cria

Teatro Goldoni (209 Sul). Hoje e amanhã, às 21h, e domingo, às 20h. Entrada franca. Não recomendado para menores de 16 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES