Brasília-DF,
20/NOV/2017

Marquinho Sathan conduzirá roda de samba em Brasília

O evento ocorrerá mensalmente na capital a partir deste mês

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Irlam Rocha Lima Publicação:23/06/2017 06:00Atualização:22/06/2017 18:09
O artista faz sucesso desde os anos 1980 e a partir de domingo (25) trará mais espaço para o samba na capital (Arquivo Pessoal/Divulgação)
O artista faz sucesso desde os anos 1980 e a partir de domingo (25) trará mais espaço para o samba na capital

Brasília ganha mais uma roda de samba sob o comando de um bamba carioca: o cantor e compositor Marquinho Sathan, contemporâneo de Almir Guineto, Zeca Pagodinho e Arlindo Cruz, aos quais conheceu no lendário Cacique de Ramos. A estreia é domingo (25), às 12h, no Bar Brahma, onde, daqui para a frente, ele passa a vir uma vez por mês.

Quem acompanha Marquinho é o grupo brasiliense Sambamodê, formado por Beto Cardoso (violão), Dido Mariano (baixo), Manga (bateria), Rafael Nóbrega (cavaquinho), Marcos Chelles (cavaquinho e voz), Valério Gabriel (percussão) e Raildo Rhato (sopros).

Marco Antônio Costa Santos, o Marquinho Sathan, nascido no Morro do Salgueiro, ganhou fama nas rodas de samba nos anos 1980. Tornou-se mais conhecido depois de participar do álbum-coletânea Me engana que eu gosto, no qual dividiu duas faixas com Roberto Ribeiro e Bezerra da Silva. 

Com 10 CDs lançados e participação em outros discos, conquistou o reconhecimento do público. Falsa consideração e Pura semente são seus sambas mais conhecidos.
 
SERVIÇO
Marquinho Sathan
Bar Brahma (201 Sul). Domingo, às 12h. Ingressos a R$ 30. A feijoada servida é opcional e com pagamento à parte. Não recomendado para menores de 14 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES