Brasília-DF,
28/JUL/2017

'Cachorro enterrado vivo' está em cartaz no CCBB

O texto de Daniela Pereira de Carvalho acompanha atuação de Leonardo Fernandes

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira Publicação:14/07/2017 06:00Atualização:13/07/2017 18:35
Mineiro, Leonardo Fernandes ganhou prêmio APCA com 'Cachorro enterrado vivo' (Suzana Latini /Divulgação)
Mineiro, Leonardo Fernandes ganhou prêmio APCA com 'Cachorro enterrado vivo'
 
Primeira atuação solo do mineiro Leonardo Fernandes, Cachorro enterrado vivo ganha temporada de quase um mês no CCBB. No ano passado, ele foi reconhecido como melhor ator pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) por conta do denso papel.
 
O espetáculo começa de forma inusitada. O ponto de partida é o dono de um terreno. Ele aceita a proposta feita por um passante, que pede a ele para cavar cova onde seria enterrado seu cachorro. Porém, o animal ainda está vivo. 
 
O cachorro, o proprietário do terreno e o dono do cachorro protagonizam três monólogos com questionamentos éticos que conversam entre si. Situações de perda aparecem em todas as histórias, pontuadas por humor mórbido e irônico.
 
Mimetizar os gestos do animal sem ficar caricato foi um dos maiores desafios de Leonardo Fernandes. Uma preparação corporal e vocal trabalhou essa questão. “São 20 minutos de respiração em ritmo acelerado enquanto falo e me mexo. Comecei a pensar nesse cachorro como um ser humano”, diz. A peça é dirigida por Marcelo do Vale.

Polêmica

Pouco antes de estrear, em São Paulo, a peça chamou atenção de ativistas dos direitos dos animais. Equivocadamente, eles acharam que, de fato, um cachorro seria enterrado vivo nas apresentações. 
 
O texto da dramaturga Daniela Pereira de Carvalho foi inspirado em um caso real que aconteceu em Santos (SP), em 2014.

Serviço
Cachorro enterrado vivo
No Teatro I do CCBB (SCES, Tc. 2, Lt. 22; 3108-7600). Neste sábado (15/7) e domingo (16/7), às 20h. Até 30 de julho (exceto dias 22 e 29). Ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Não recomendado para menores de 12 anos. 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES