Brasília-DF,
22/OUT/2017

Thales Lessa chega a Brasília para apresentação na Bamboa esta sexta-feira

O cantor fala sobre experiência com outros artistas, álbum 'Ensaio de DVD' e carreira de compositor

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Adriana Izel Publicação:28/07/2017 06:00Atualização:27/07/2017 16:55
O repertório do show de Lessa será baseado no último CD lançado, 'Ensaio de DVD' (Objetiva Comunicação/Divulgação)
O repertório do show de Lessa será baseado no último CD lançado, 'Ensaio de DVD'


O cantor mineiro Thales Lessa é um dos artistas que têm a capital federal como destino certo em sua agenda. “Eu faço show em Brasília periodicamente. A minha relação com o público é muito boa. A galera tem um carinho imenso”, conta ao Correio. O compositor retorna à cidade para apresentação sábado (29/7), às 22h, na boate Bamboa Brasil.
 
No elenco, o artista tocará as faixas do mais recente trabalho, Ensaio de DVD. “Esse álbum foi uma forma de tirar a pressão que existia por conta das minhas composições e de mostrar minhas músicas inéditas que estavam guardadas”, revela. Lessa se tornou conhecido no meio do sertanejo pela autorial de faixas como Só vou beber mais hoje, que foi gravada por Humberto & Ronaldo, e Essa boca aí, sucesso nas vozes de Bruninho & Davi e Luan Santana.
 
No show de sábado (29/7), Thales Lessa ainda contará com a participação especial de artistas locais, entre eles Wilian & Marlon, Rick & Rangel e Paula & Paola. “Fui ganhando espaço em Brasília porque muitos artistas locais já gravaram minhas composições. Isso abriu uma porta muito boa para mim na cidade, tanto com os artistas como com os fãs”, acrescenta.
 
Os ingressos custam R$ 20 (mulheres) e R$ 40 (homens), com nome na lista (sabado@bamboabrasil.com.br) e até as 23h; R$ 40 (mulheres) e R$ 60 (homens), sem nome na lista ou após. Valores de meia-entrada. Não recomendado para menores de 18 anos. 

Duas perguntas // Thales Lessa

Você é famoso por suas composições. Quando você começou a compor?
Essa veia de compositor surgiu bem cedo. Comecei a cantar aos 8 anos e, aos 10, eu já escrevia algumas coisas. Quando a composição minha estourou, eu já tinha 20 e poucos anos, foi Eu só vou beber mais hoje. Ela abriu todas as portas para a minha carreira.

Como é o seu processo de composição?
Sempre tem inspirações que chegam do nada, um relacionamento que termina, um chifre levado, um amigo que está passando um apuro... Mas também como compositor você vai conhecendo o mercado e percebendo o que ele precisa.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES