Brasília-DF,
23/AGO/2017

Festival Latinidades propõe a valorização da mulher negra

A programação do evento conta com a youtuber Tia Má e a jornalista Maíra Azevedo

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Adriana Izel Publicação:28/07/2017 06:00Atualização:27/07/2017 16:48
Tia Má é um dos destaques da programação do Latinidades (Latinidades NINJA/Divulgação)
Tia Má é um dos destaques da programação do Latinidades
 
A 10ª edição do festival Latinidades teve início na quinta-feira e seguirá com programação até domingo na capital. Sexta, sábado e domingo, as atividades são dedicadas a mesas de debate, mostra de cinema (Cine Afrolatinas), mostra de literatura (Palavra preta) e ao espetáculo de stand-up comedy da youtuber baiana Maíra Azevedo.
  
De volta ao evento, a jornalista apresentará na sexta-feira a montagem intitulada Tia Má — Com a língua solta, das 21h às 22h30, no auditório principal do Museu Nacional da República. A entrada é franca e o ingresso deve ser retirado com uma hora de antecedência do espetáculo. A baiana se tornou conhecida quando criou, em 2015, a personagem Tia Má. “Inicialmente, a página se resumia a pequenos textos curtos, com orientações comportamentais e em 20 de novembro de 2015 gravei o primeiro vídeo”, relembra.
  
A principal característica do trabalho da Tia Má nas redes sociais e na internet é debater temas da atualidade com uma boa dose de humor. “Falo das coisas que me tocam e como isso pode ser evitado ou construído. Utilizo o humor como ferramenta de reflexão”, define.

SERVIÇO
Latinidades
De sexta até domingo no Museu Nacional da República (Esplanada dos Ministérios). Entrada franca. Classificação indicativa livre.


Confira a programação completa:
 
Sexta-feira (28/7)

Das 10h às 12h -- Oficina 1 – Utopias coletivas e projetos de futuro
Local: auditório menor do Museu Nacional. Apresentação de Nátaly Neri (SP) e mediação de Lúcia Xavier (RJ).

Das 14h às 15h Cine Afrolatinas
Local: auditório menor do Museu Nacional. Filmes: Rainha (2016, 30 min), de Sabrina Fidalgo; e Beatitude (2015, 15 min), de Délio Freire.

Das 15h às 17h -- Mesa 4 - Ciência, tecnologia e projetos de transformação social
Local: auditório principal do Museu Nacional. Convidados: Buh D'Angelo (SP), Brenda Costa (BA), Silvana Bahia (RJ) e debatedora, Katemari Rosa (RS).

Das 17h às 19h -- Espaço literário
Palavra preta: mostra nacional de negras autoras
Local: auditório principal do Museu Nacional

Às 19h -- Diálogos transatlânticos
Em parceria com o projeto Vidas Refugiadas
Local: auditório do Museu Nacional. Convidadas: María Ileana Faguaga Iglesias (Cuba), Nkechinyere Jonathan (Nigéria) e mediação de Aline Maia (RJ).

Sábado (29/7)

Das 9h às 18h -- Oficina 2: WordPretas
Em parceria com IFB Estrutural, Minas Programam e PretaLab
Local: Instituto Federal de Brasília - Campus Estrutural

Das 10h às 12h -- Oficina 3 - Dança: Coupé Décalé
Coupé Décalé é uma dança africana nascida do intercâmbio da diáspora marfinesa em Paris e da própria Costa do Marfim. Por: Kety Kim Farafina

Das 12h às 14h -- Espaço literário
Palavra preta: mostra nacional de negras autoras
Local: auditório principal do Museu Nacional

Das 14h às 16h -- Mesa 5 - Moda preta: poder, lacre, transformação
Local: auditório principal do Museu Nacional. Convidadas: Luciane Barros (SP), Magá Moura (BA), Ana Paula Xongani (SP) e debatedora, Nátaly Neri (SP).

Das 17h às 18h -- Cine Afrolatinas + debate com Day Rodrigues
Local: auditório menor do Museu Nacional. Filme: Mulheres Negras: Projetos de Mundo - O filme (25 min, 2016), de Day Rodrigues e Lucas Ogasawara.

Das 19h às 21h -- Desfile Afrolatinas
Marcas convidadas: Pinto Musica (Moçambique), Rogue Wave (Angola) e África Plus Size (São Paulo). Discotecagem: DJ Donna (DF).

Das 21h às 22h30 -- Stand up: Tia Má – Com a Língua Solta
Entrada gratuita (retirar ingresso 1h antes do início do evento). Local: auditório principal do Museu Nacional

Domingo (30/7)

Das 10h às 12h -- Oficina 4 - Roda da Mãe Preta - Ancestralidade e Maternidade
Roda da Mãe Preta é um grupo de mães negras, formado a partir de inquietações sobre a educação de suas crianças. Por: Taisa de Souza Santos. Convidadas: Priscila Obaci e Ana Paula Xongani.

Das 11h às 13h -- Oficina 5 - Dança com P. Afrobeat e Dança Afro. Por Vanessa Soares

Das 14h às 16h --0 Oficina 6 - Malungas: autocuidado como insurgência. Por Layla Maryzandra

Das 14h-17h -- Espaço literário
Palavra preta: mostra nacional de autoras negras
Local: auditório principal do Museu Nacional

Das 16h às 17h -- Showcase com Craca e Dani Nega Lançamento de clipe da música Papo Reto
Com apoio da Fundação Cultural Palmares
Entrada gratuita. Local: auditório do Museu Nacional

Às 18h - Festa Latinidades
Com DJ Donna (DF), ZAV (Moçambique) e Oshun (EUA)
Local: Outro Calaf (Setor Bancário Sul). Ingressos antecipados à venda no site https://www.sympla.com.br/festa-latinidades__163197. Primeiro lote: R$ 30 (até 30/7), e R$ 35 (na hora). Não recomendado para menores de 18 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES