Brasília-DF,
26/ABR/2018

'Dicionário das coisas que nunca existiram' estreia no novo teatro Casa dos Quatro

Peça 'Dicionário das coisas que nunca existiram' enlaça relação entre mãe e filho

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rodrigo Barreto* Publicação:01/09/2017 06:00Atualização:31/08/2017 18:04
Espetáculo 'Dicionário das coisas que nunca existiram' inaugura teatro na Asa Norte (Elisa Mattos/Divulgação)
Espetáculo 'Dicionário das coisas que nunca existiram' inaugura teatro na Asa Norte


O espetáculo Dicionário das coisas que nunca existiram estreia e inaugura as portas da Casa dos Quatro, novo teatro de Brasília. A peça elabora diálogo entre mãe e filho. Irene tem 75 anos e sofre de perda de memória. Carlos, 35 anos, é impaciente com o quadro de saúde da mãe. No elenco estão Helen Cris e Morillo Carvalho.
 
Diretor da peça, Alexandre Ribondi busca trazer à realidade uma situação de vida real. “A ideia surge para falar das coisas que estão muito longe e que nunca imaginamos que podem acontecer com a gente. Mas chega certo momento em que o impossível torna-se possível”, explica Alexandre.
 
Em briga durante a madrugada, mãe e filho vivenciam o clímax da história. Alexandre aborda a desmistificação da mãe. “O momento em que o filho entende quem é a mãe, ele a tira do conceito de ‘identidade’ e a passa ter como pessoa. A humanização da mãe prende o espectador na história”, afirma o diretor.

*Estagiário sob a supervisão de Vinicius Nader

Serviço
Dicionário das coisas que nunca existiram
Casa dos Quatro (708 Norte, Bl.  F, lj 42). De Sexta a domingo e de 8 a 10 de setembro, às 20h. Entrada: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia). Não recomendado para 
menores de 12 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES