Brasília-DF,
14/DEZ/2018

Espetáculo 'Os sedentários' retrata briga de casal briga com muita comédia

Peça busca tirar o público da cadeira e incentivar os espectadores a ter uma vida mais ativa

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Isabella de Andrade - Especial para o Correio - Publicação:03/11/2017 07:00Atualização:03/11/2017 11:32

A interação com o público é um dos pontos altos da montagem (Maçaranduba Producoes/Divulgacao)
A interação com o público é um dos pontos altos da montagem

 

Com linguagem leve e bem-humorada o espetáculo Os sedentários busca divertir os espectadores e incentivar que todos tenham uma vida mais saudável, ao contrário dos protagonistas. O tema é tratado de maneira descontraída e tem como destaque a história de Confúcio (Lélio Sartini) e Margarida (Tetê Vulcão). O casal prefere passar as férias no sofá da sala de tevê e a briga pela escolha de canais dá o pontapé inicial na confusão.

 

No meio do conflito, uma notícia bombástica na programação: acaba de falecer o ator Magrinho, famoso galã dos anos 1970, vítima de obesidade mórbida. Para completar, o casal recebe, de presente, um livro sobre vida saudável. A peça foi escrita por Cleuza Brandão, dirigida por Tania Ferreira e reúne novos nomes da cena teatral. “A cada história contada, mergulhamos em uma nova dimensão da vida real, trazendo temas relevantes através do lúdico e do humor”, afirma a diretora.

 

A interação com o público é um dos pontos altos da montagem, que conta com um personal trainer (vivido pelo ator Dominic Maha) para fazer os espectadores se levantarem da cadeira e praticarem as atividades propostas.

 

 

SERVIÇO

Os sedentários. Teatro dos Bancários (314/315 Sul). Hoje, às 20h. Ingressos a R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia-entrada). Não recomendado para menores de 14 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES