Brasília-DF,
18/AGO/2018

Mercado de produção editorial independente chega a sua 4ª edição em Brasília

Além da Motim, projeto de teatro 'Os Avessos' e outras atividades para o fim de semana

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Alice Corrêa* Isabella de Andrade - Especial para o Correio - Publicação:17/11/2017 06:00Atualização:16/11/2017 18:15

Vitrine editorial

A Motim reúne mais de 100 artistas e selos independentes (Gomez Studios/ Divulgacao)
A Motim reúne mais de 100 artistas e selos independentes
 
Uma vitrine de publicações independentes de Brasília e outros estados brasileiros é a Motim. Realizado desde 2014, o evento será neste fim de semana na Biblioteca Nacional. O objetivo é exibir o mercado editorial do DF e de outras localidades para interessados, além de mostrar a produção artística que vai desde literatura e quadrinhos até fanzines e outras ilustrações.
 
Em 2014, a feira reuniu 28 nomes. Dia 17 de novembro, são mais de 100 artistas e selos de publicações independentes que ocupam o espaço e colocam a capital federal em evidência como incentivadora das publicações artísticas autorais. Editoras de vários estados brasileiros estarão presentes, como A Bolha, conhecida no Rio de Janeiro pelas publicações de livros de poesias e ilustrações dos artistas locais.
 
Em parceria com o Instituto Bem Cultural, que apoia a economia criativa da cidade, a Secretaria de Cultura e o Território Cultural, o evento começa nesta sexta-feira (17/11), às 18h, e conta com a exposição Pela moral e os bons costumes, com obras de artistas do Distrito Federal, São Paulo, Rio de Janeiro e Goiás.
 
Ainda na abertura, o ilustrador Gabriel Góes lança o HQ Soco! Vol. 1, que apresenta o super-herói Billy Soco. Já no sábado (18/11), a partir das 11h, a feira de exposição começa para valer com estandes e, no fim do dia, às 20h, a festa Motim será a oportunidade de integrar e se divertir com a galera, na casa Enxame (705 Sul).
 
Um dos organizadores, Felipe Honda conta que “uma das funções do evento está na questão de descobrir novos artistas, novos produtores, novos publicadores e divulgar aqueles que já estão publicando há algum tempo. As feiras são uma oportunidade de apresentar esses trabalhos ao público."

SERVIÇO 
Motim
Biblioteca Nacional (Eixo Monumental). Sexta-feira (17/11), às 19h. Sábado (18/11) e domingo (19/11), às 11h. Entrada franca. Classificação indicativa livre.
 

Espetáculo a céu aberto

Os Avessos leva o universo de Guimarães Rosa aos palcos  (Layza Vasconcelos/Divulgacao)
Os Avessos leva o universo de Guimarães Rosa aos palcos

Projeto Os avessos faz estreia na capital e escolhe a estação Bernardo Sayão para transformar em palco

Inspirado no conto Sorôco, sua mãe, sua filha, de João Guimarães Rosa, o grupo de teatro Arte & Fatos mergulha na identidade dos personagens criados pelo autor com a peça Os Avessos. Danilo Alencar, diretor e dramaturgo da montagem que desembarca em Brasília, buscou criar um universo que mostre a genialidade de cada figura criada entre as páginas do autor que agora entram em cena.
 
Para Danilo, as obras de Guimarães Rosa criam um diálogo com diversos tipos de público e diferentes regiões do país. Os aspectos de regionalidade e as perspectivas de identidade humana ganham destaque na obra. “A história não estabelece um local de diálogo restrito, mas, como a circunstância da história acontece em um trem, optamos por nos apresentar na estação”, destaca o dramaturgo. Na história, os personagens embarcam no trem rumo ao hospício de Barbacena, em Minas Gerais.
 
O espetáculo será apresentado em um local inusitado: a estação Bernardo Sayão. A ideia é que o público possa também se sentir como personagem da peça e transite por esse universo.


SERVIÇO 
Os Avessos
Estação Bernardo Sayão (SMPW – Guará). Sexta-feira (17/11), às 20h. A classificação indicativa é livre e a entrada é franca.

Confira a programação do fim de semana

Infantil

Romance premiado
Indicado ao prêmio Jabuti em 2014, o livro A gaiola serve como base para espetáculo homônimo adaptado para os palcos pela própria autora, Adriana Falcão. A montagem, que fica em cartaz neste sábado (18/11), no Sesc do Gama, conta com direção de Duda Maia e elenco formado por Carol Futuro e Pablo Áscoli, que atuam e cantam. A trama mostra a história de um passarinho que cai na varanda de uma menina e os dois acabam se apaixonando. Liberdade, amizade e amor são alguns dos temas discutidos. A sessão será às 15h. Entrada franca. Classificação livre.

Feiras

Sustentabilidade
A última edição deste ano do Mercado Transparente traz ao Boulevard Shopping o tema “como atender às necessidades cotidianas em equilíbrio com a natureza”. O evento busca soluções com oficinas de incensos naturais com a geo-fitoterapeuta Shirley Lopes; e de xampu e sabonetes ecológicos com ervas ministrada por Sandra Nui, que ressalta o consumo consciente de produtos. A programação começa às 14h. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Literatura

Poesia à indiana
A Embaixada da Índia (805 Sul) vai promover nesta sexta (17/11), a partir das 17h30, um fim de tarde regado a chá e poesia. A 20ª edição do Chá com Letras terá a participação de Roberto Medina, Wellington Bujokas, Ary Quintella, Beatriz Santos e José Carlos Vieira, que compartilharão obras e experiências sobre a Índia. Entrada franca.

Pets

Desfile canino
Um desfile de moda diferente invade uma pet shop da Candangolândia neste sábado (18/11), às 14h. Os looks para bichinhos da Petz EPIA (EPIA 3 lt 3) serão exibidos durante um belo desfile de moda animal. Além do desfile, dicas de como tosar o bichinho, além de distribuição de brindes. O evento é gratuito e com classificação indicativa livre.

Oficinas

Dança
Um workshop de dança irlandesa iniciante será ministrado no instituto de dança e bem-estar Dani Aguiar, sábado e domingo. Com direito a material didático e certificado, o curso custa R$ 50 e as inscrições podem ser feitas pelo telefone 993441307.

Fotografia

Um aulão de fotografia básica será realizado no Estacionamento 4 do Parque da Cidade, neste domingo, às 15h. Promovido pela Luz Fotografia, o evento é gratuito e pode ser feito com câmeras profissionais e de celular. Classificação indicativa livre.

Cultura africana

O São Batuque, festival que celebra as culturas de matrizes africanas, chega à reta final. Nesta sexta (17/11), das 16h às 18h, oficina de percussão com Mestre Walter, do Pernambuco, na Praça Chico Mendes da UnB. Domingo, último dia de festival, oficina de Ilú com Alessandra Leão, a partir das 10h no Templo Rosa Branca (QR 523 cj 3, Samambaia Sul). Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Gastronomia

Tortas
A 15ª edição do festival de tortas da ONG Sonhar Acordado será realizada domingo, das 18h às 22h, no Clube do Rocha. Os ingressos custam R$ 35 e dão direito a várias comidinhas deliciosas para todos os gostos, desde tortas, cupcakes até outros quitutes. Para animar o festival, show com a banda Moviements, a partir das 20h. Classificação indicativa livre. Crianças menores de 10 anos não pagam entrada.

Chapada dos Veadeiros

Novembro negro
Em homenagem ao Dia da Consciência Negra, a Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge, na Chapada dos Veadeiros, preparou uma programação de atividades e palestras, além da exposição Ser kalunga, que ficará instalada na Casa até o final de dezembro. Sábado (18/11), a cantora Fabiana Cozza encanta o público da Chapada a partir das 22h. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES