Brasília-DF,
18/AGO/2018

Artista plástica Iracema Barbosa apresenta novo trabalho

Com exposição até janeiro na Casa da Cultura da América Latina, Iracema apresenta trabalhos feitos com papel, giz de cera, tecido e madeira

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Nahima Maciel Publicação:17/11/2017 06:01Atualização:16/11/2017 18:09
Trabalhos de Iracema Barbosa são feitos com giz de cera, tecido e madeira  (Iracema Barbosa/Divulgação)
Trabalhos de Iracema Barbosa são feitos com giz de cera, tecido e madeira


Iracema Barbosa utilizou papel, giz de cera, tecido e até madeira para criar as séries de Costurando sombras, em cartaz até 12 de janeiro na Galeria Acervo da Casa da Cultura da América Latina (CAL). São materiais que ela considera arcaicos e que ajudam a estabelecer o diálogo com a arte contemporânea.
 
Os desenhos de Iracema lembram paisagens, embora não sejam uma representação literal desse tipo de composição. “Minha ideia era relacionar um pensamento mais histórico com o mundo de hoje, mais sensível, com a ideia de uma presença mais atual no mundo”, explica a artista, que encara o próprio trabalho como algo propositivo no sentido de pensar a presença humana no mundo de uma maneira otimista.
 
Iracema também trabalha com a repetição, característica essencial, segundo ela, para pensar nas experiências humanas. “Essa poética fala da repetição como uma experiência escolhida de novo. Cada vez que a gente experimenta, gera uma nova experiência. E cada desenho tem essa característica da repetição”, explica a artista, que é professora do Instituto de Artes da Universidade de Brasília (IDA/UnB) e produziu boa parte dos trabalhos enquanto estava morando na França.


SERVIÇO 

Costurando sombras
Exposição de Iracema Barbosa. Curadoria: Patrícia Corrêa. Visitação até 12 de janeiro, diariamente, das 11h às 20h, na Casa da Cultura da América Latina (CAL – SCS Qd 4 Ed. Anápolis)

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES