Brasília-DF,
20/MAI/2018

Exposição de Suzana Dourado 'Arte indígena em vidro' está em cartaz

Com referências à cultura indígena, a exposição promete uma verdadeira aula de história e técnica

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Nahima Maciel Publicação:17/11/2017 06:04Atualização:16/11/2017 18:06
 (Reprodução/Divulgação)

 
Os traços dos desenhos indígenas serviram de base para Suzana Dourado criar as 22 peças utilitárias e 20 artefatos em cartaz na exposição Arte indígena em vidro, em cartaz na Galeria de Arte da Casa Thomas Jefferson.
 
Durante mais de uma década, entre os anos 1980 e 1990. a artista morou ao lado de aldeias indígenas na região do Tocantins e sempre teve contato com a cultura desses povos, mas, somente no século 21, decidiu incorporar referências visuais aos trabalhos.
 
Na Thomas, ela mostra peças feitas em vidro, material com o qual começou a trabalhar recentemente. “O que estudei e coloquei no trabalho foi uma aproximação entre essas duas culturas”, explica, lembrando que, assim como os desenhos e os traços diferem de aldeia para aldeia e são características de famílias e gerações, o trabalho com o vidro também tem uma carga de herança familiar, especialmente na Itália, onde estudou a técnica.

SERVIÇO
 
Exposição de Suzana Dourado. Visitação até 16 de dezembro, de segunda a sexta-feira, das 9h às 21h, e sábado, das 9h às 12h, na Galeria de Arte Casa Thomas Jefferson Hall (SEP 706/906 Sul).

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES