Brasília-DF,
17/JUL/2018

Gustavo Mendes volta à capital com espetáculo 'Atrevido'

O humorista conta que, entre piadas e descontração, o show reflete sobre busca por felicidade e depressão

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Camila Beatriz* Publicação:24/11/2017 06:00Atualização:23/11/2017 18:00
Os textos de 'Atrevido' trazem à tona um pouco de cada personagem interpretado por Gustavo (Giral Projetos/Divulgação)
Os textos de 'Atrevido' trazem à tona um pouco de cada personagem interpretado por Gustavo

 
O humorista mineiro Gustavo Mendes, que começou a fazer sucesso no YouTube e somou visualizações de muitos brasileiros ao imitar a ex-presidenta Dilma no canal próprio e do Parafernalha, chega a Brasília com o show Atrevido. Assim como os textos da personagem, os do espetáculo também foram criados por Gueminho Bernardes. Ele e Mendes incluem no show novas piadas, personagens e músicas para garantir a diversão da plateia, além de refletir sobre depressão e busca pela felicidade.

Hoje apresentador dos programas Treme Treme e Xilindró no canal Multishow, Gustavo Mendes concilia a carreira na tevê com a turnê do espetáculo e o sucesso online. “Trabalho com humor desde que me entendo por gente”, conta Gustavo, que admite nunca ter desejado ser outra coisa senão artista. No teatro desde os 8 anos e apresentando shows de comédia solo desde os 15, ele chega aos treze anos de jornada como humorista.

“A verdade é que o humor é a única maneira que temos de sobreviver a esse mundo caótico e repleto de más notícias”, afirma. Para Gustavo, o humor é um refúgio, e ele considera que Atrevido é o melhor show da carreira. “Consegui juntar tudo o que sempre sonhei!”, conta, e valoriza o músico responsável pela trilha sonora, a iluminação e a produção do espetáculo. “Tem um final surpreendente, emocionante. É um show que fiz com carinho junto à uma galera que se dedicou muito para que isso fosse mais do que um show de humor, mas uma experiência.”
 
*Estagiária sob supervisão de Igor Silveira 

Serviço
No Teatro dos Bancários (314/315 Sul, Bl. A), sábado (25/11), às 21h. Ingressos a R$ 40 (meia-entrada) e R$ 80 (inteira). Não recomendado para menores de 14 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES