Brasília-DF,
23/JUN/2018

Instalações na Casa da Cultura da América Latina apresentam projeto inédito

Sérgio Pinzòn e Esvin Alarcón estão em projeto inédito na Casa da Cultura da América Latina

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Nahima Maciel Publicação:24/11/2017 06:00

 (Sergio Pinz?n/Divulgacao)

Sérgio Pinzòn e Esvin Alarcón chegaram a Brasília há pouco mais de quatro semanas para participar do primeiro programa de residências da Casa da Cultura da América Latina (CAL). A intenção era que eles e outros quatro artistas do Brasil e da América Latina pudessem viver a experiência de passar um tempo na capital e produzir um trabalho. O resultado está em uma exposição e uma ação que têm Brasília como personagem e espaço de realização da obra.

 

Colombiano radicado em São Paulo há cinco anos, Pinzòn quis fazer uma associação entre o racionalismo que deu origem à arquitetura de Brasília e o uso da cidade proporcionados por aplicativos que prometem aos usuários experiências únicas. O artista transformou uma das salas da CAL em suíte e anunciou o espaço no site Air B&B como “um quarto ideal: estilo e espaço no meio de Brasília”.

 

No fundo, são negócios, mas disfarçados de algo que sugere uma interação diferente com pessoas e ambientes. “O propósito é uma provocação institucional sobre esses modelos de residência onde se espera que você crie algum tipo de objeto”, avisa o artista.

 

Na Casa Niemeyer, a proposta do guatemalteco Esvin Alarcón foi pensar sobre o patrimônio. Para criar Detrito federal, o artista coletou restos de construção para montar a instalação no prédio histórico, uma casa em estilo colonial que serviu de residência a Oscar Niemeyer. Alarcón passou dias em busca de restos de materiais de construção e reuniu objetos coletados em caçambas, depósitos e lixos. “O que interessa é a história visual desses objetos”, explica Ana Avelar, curadora da exposição.

 

Segundo a curadora, há toda uma simbologia na instalação, já que a própria Casa Niemeyer esteve fechada nos últimos anos e acabou bastante deteriorada. “Agora, ela faz parte das Casas de Cultura da Universidade de Brasília. Queremos colocar para ser um espaço de cultura aberto ao público”, diz Ana.


Serviço 

Detrito Federal

Exposição de Esvin Alarcón Lam. Curadoria: Ana Avelar. Visitação até 31 de janeiro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, na Casa Niemeyer (SMPW Qd 26, Conj. 3, Casa 7, Epia Sul)


Quarto Ideal: Estilo e espaço no centro de Brasília

Intervenção de Sergio Pinzón. Curadoria: Ana Avelar. Quarto pode ser alugado no Airbnb. Casa de Cultura da América Latina – CAL / UnB (SCS Quadra 04, Ed. Anápolis, 1º andar, sala 103)


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES