Brasília-DF,
21/FEV/2018

Francisco, el hombre apresenta turnê do disco 'Soltasbruxa' em Brasília

Grupo faz show no evento Uma noite vibrante, no Setor Comercial Sul

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Adriana Izel Publicação:01/12/2017 06:00
 (RodrigoGianesi/Divulgação)

Depois de uma passagem pelo Festival CoMA neste ano, a banda Francisco, el hombre retorna a Brasília para apresentação nesta sexta-feira (1º/12), às 21h, na festa Uma noite vibrante, no Espaço Cultural Canteiro Central (SCS). O evento conta ainda com show da Banda Apráticos.

Essa será a primeira vez do grupo Francisco, el hombre na cidade com a turnê completa do álbum Soltasbruxa, de 2016, que teve uma faixa indicada a categoria de melhor canção em português do Grammy Latino. “Estamos no meio de uma turnê nacional, que abrange todas as regiões do Brasil. Passamos pelo Norte, Nordeste e agora vamos fazer o Centro-Oeste. Essa é a primeira vez em Brasília que não será um festival. Será uma noite só nossa, com mais tempo de show, mais música. Estamos com toda a nossa energia”, adianta Mateo Piracés-Ugarte, vocalista e violonista da banda.



Criada inicialmente como uma banda de rua, Francisco, el hombre também se influencia bastante de cada local que passa, o que faz com que todos os shows sejam diferentes. “A gente tenta entender o público, ver a vibe que a galera mais gosta. A gente absorve muito”, define o músico.

Os ingressos custam R$ 30 (meia-entrada e primeiro lote). À venda na Bilheteria Digital. Não recomendado para menores de 18 anos.

Duas perguntas // Mateo Piracés-Ugarte, do Francisco, el hombre


A sonoridade da banda bebe de diversas fontes. Quais foram e são as referências e influências para vocês criarem esse som?
Definitivamente, quando fomos criar a banda, tivemos muitas inspirações e coisas que influenciaram a gente. Mas aos poucos fomos descobrindo e absorvendo ritmos. A Argentina mudou nosso conceito de festa, o Chile de canção, o Nordeste da batucada. É o que a gente tenta fazer (se inspirar durante a trajetória).

Uma outra característica da banda é a abordagem de mensagens sociais e importantes no momento atual do país. Quando fizeram Soltasbruxa havia a intenção de tocar em assuntos específicos?
Soltasbruxa foi o momento de pensar que disco a gente queria lançar se morresse amanhã. De que maneira vamos marcar a história e a nossa própria época, como diz Nina Simone. Falamos de pontos que sentimentos carentes em diversos lugares que passamos. Foi um descarrego natural do que estávamos sentindo. É legal que o óbvio nunca é falado. Como abrir a porta da geladeira para pensar. Mas é o óbvio que liga as pessoas.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES