Brasília-DF,
17/DEZ/2018

Péricles desembarca na capital neste domingo para show na Bamboa

Sambista tocará canções do disco mais recente, 'Deserto de ilusão', e sucessos da carreira

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Alexandre de Paula- Especial para o Correio Publicação:12/01/2018 06:00Atualização:11/01/2018 17:53
Péricles mistura ritmos no disco mais recente, Deserto de ilusão (Arquivo Pessoal/Divulgação)
Péricles mistura ritmos no disco mais recente, Deserto de ilusão

O cantor e compositor Péricles é a principal atração do projeto Tardinha na Bamboa Bar deste domingo. Ex-Exaltasamba, o músico apresenta canções do disco mais recente, Deserto de ilusão. No álbum, o sambista teve a participação de músicos de diversos gêneros, de Djavan a Jorge & Mateus.

“Acho que todos os gêneros têm se renovado e trazido cada vez mais pessoas competentes, criativas e isso tem atingido o público, então acredito que a missão da música está se cumprindo”, analisa Péricles.

Os estilos podem e devem se misturar, acredita o cantor. “Não podemos nos prender a um rótulo ou fechar nossa mente, porque a música é um universo muito grande, podemos sempre ir além e quis mostrar isso neste trabalho.”
 
Com um público cativo na capital, Péricles não poupa elogios à cidade e às plateias daqui. “É sempre uma alegria enorme voltar e cantar com o povo brasiliense, que sabe fazer festa como ninguém”, comenta.

Na memória do sambista, Brasília traz sempre boas lembranças. “Só tenho recordações boas de todos estes anos cantando aí e espero que este nosso encontro seja maravilhoso.”

Duas Perguntas //Péricles
 
No disco Deserto de ilusão, há participação de nomes de diversos gêneros. Por que essa mistura?
Tenho influências de vários sons, ouço de tudo e acredito que quanto mais misturar, melhor vai ficar, isso só contribui para a nossa música. Trago influências do rhythm and blues e soul music, salsa, sertanejo e mantenho o samba como minha base, isso está presente neste disco. Gravar com todos eles foi uma experiência maravilhosa.

Como tem sido a carreira solo?
Avaliando minha carreira, vejo um saldo extremamente positivo, com anos muito bem aproveitados. Tenho gostado muito da trajetória traçada até aqui. Mas tenho que dizer também que ainda estou no começo da estrada, não me sinto veterano, embora me sinta muito mais maduro musicalmente, muito mais de acordo com aquilo que eu penso da música, com a minha forma de ver a música. Estou muito feliz com tudo que tenho conquistado.

Serviço
Péricles
Bamboa Bar (Setor Hípico, Área Especial, Conjunto 22, Parte E). Domingo, a partir das 16h. Ingressos: R$ 40 (frente palco) e R$ 70 (camarote). Valores referentes à meia-entrada. Classificação indicativa livre.


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES