Brasília-DF,
21/OUT/2018

Confira baladas para todos os gostos

Desde música eletrônica com DJ Omulu ao rock com Supla, confira!

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Adriana Izel Publicação:19/01/2018 06:00Atualização:18/01/2018 17:22
DJ e produtor Omulu é a principal atração da festa Sarra no Outro Calaf  (Fernando Schlaepfer/Divulgação)
DJ e produtor Omulu é a principal atração da festa Sarra no Outro Calaf

Brasilidade nas pistas

Conhecido na noite brasiliense, o DJ e produtor Omulu é a principal atração da festa Sarra, que será realizada nesta sexta-feira, às 22h, no Outro Calaf (SBS, Qd. 2). “Brasília é uma das cidades em que a gente mais foca. Foi legal porque ajudamos a construir a cena do nosso tipo de som, que mistura funk com música eletrônica, com festas como a Perde a Linha, que participei algumas vezes”, lembra o artista.

Na apresentação na capital, Omulu agitará a pista com os seus remixes tradicionais, em que mistura hits nacionais com internacionais, além de ritmos brasileiros com batidas eletrônicas. As faixas mais recentes do DJ são versões de New rules, de Dua Lipa; Menina, com Delano; e Arrocha na humilde BB, remix brasileiro de música do rapper Kendrick Lamar. “Vou tocar (na festa) os sucessos e também coisas novas. Estou sempre fazendo versões de músicas que foram lançadas. Nas próximas semanas devo divulgar faixas para o carnaval”, adianta.

O produtor começou a fazer sucesso há alguns anos, quando lançou versões de rasteirinha, uma vertente da música eletrônica mesclada com o funk. Ele também é um dos nomes por trás dos primeiros trabalhos da cantora drag Pabllo Vittar, como Open bar. “Fiquei superfeliz com o convite do Rodrigo Gorgy, produtor da Pabllo, para produzir as primeiras músicas dela e dar uma sonoridade que trouxesse esse Brasil eletrônico. Foi muito bacana e é muito gratificante ver que um projeto que tem meu dedo se tornou num negócio dessa proporção”, analisa o DJ.

Além de Omulu, a festa Sarra contará ainda com discotecagem dos DJs Patricia Gontijo (Pórry), Athena (Mete o loko), Dudu TrocaTapa e Teenangel (Furacão 3000). Entrada a R$ 10 (100 primeiros), R$ 15 (até as 22h30, para confirmados no evento no Facebook), R$ 20 (até a 0h), R$ 30 (até a 1h) e R$ 40 (após). Valores de meia-entrada e sujeitos a alteração. Não recomendado para menores de 18 anos. (Adriana Izel)

Duas perguntas// Omulu

 
Nos últimos anos, temos visto esse resgate dos ritmos brasileiros. Como você enxerga essa tendência?
Acho que passamos um período muito grande sem dar atenção para a nossa sonoridade, escutando muita coisa que vem de fora, sem dar muita atenção para a nossa música, que é bastante rica. Essa é uma coisa que sempre trabalhei: resgatar os nossos ritmos, que é algo que temos de melhor. Fico feliz que as pessoas estejam valorizando o que temos aqui, sem achar que é pior do que o som produzido fora do Brasil.

Como é a repercussão do seu trabalho fora do Brasil?
Tenho tocado pelo menos duas vezes por ano nos Estados Unidos e na Europa. Temos uma festa em Nova York, a Arrastão. Na Europa, já me apresentei em Lisboa e em outras cidades. No carnaval, estou indo tocar pela primeira vez na Itália. A diferença é que aqui eu ainda toco mash-up de pop internacional em versões com ritmos brasileiros. Quando estou lá fora, dou uma forçada para tocar mais faixas brasileiras.
 
Coletivo Crew.za fara uma intervencao e uma festa no tunel do Touring. (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
Coletivo Crew.za fara uma intervencao e uma festa no tunel do Touring.
 
 

Balada de ocupação

Depois da intervenção no ano passado no Lago Norte promovida pelo coletivo Crew.Za, o grupo segue com outra ocupação no Distrito Federal. O local escolhido foi o espaço Touring, no Setor de Diversões Sul. Sob o nome de Túnel do Touring, o local receberá eventos que terão a música eletrônica como ritmo de ordem. A festa de inauguração será nesta sexta-feira, às 23h. A balada será comandada pelos DJs Simple Jack (My House), Hopper (5uinto), Gustavo Fk, (Traxx), Tonny Rocks (CCCP), Kaká (Crew.Za) e Guto Fernandez (Tree Sixte One), esse último que vem diretamente de Barcelona. Os ingressos custam R$ 30 (meia-entrada e segundo lote). À venda no site www.sympla.com.br. Não recomendado para menores de 18 anos.

Noite roqueira

O cantor Supla está de volta à capital para show nesta sexta-feira, às 20h, no 305 Poizé (305 Norte, Bl. E, Subsolo). O artista chega acompanhado da banda Quebrando Tocando para tocar os principais sucessos da carreira, como Garota de Berlim, Charada e Green hair. A abertura fica por conta da banda Rockets, que tocará um repertório com canções famosas dos anos 1980 e 1990 do cenário roqueiro nacional e internacional. Entrada a R$ 25 (até as 22h), R$ 30 (até as 23h) e R$ 40 (após). Valores de meia e sujeitos a alteração. Não recomendado para menores de 18 anos.

Clima carioca

O público brasiliense é amante de baladas vindas do Rio de Janeiro. A partir de sábado, a Mormaii Surf Bar (Ponte JK) recebe o projeto carioca Rio 40º, que será realizado a partir das 23h na varanda coberta do local. O line-up contará com MC Carioca e discotecagem dos DJs Raff e Flavio Fat Boy. Entrada a R$ 20 (mulheres) e R$ 40 (homens), até a 0h e com nome na lista; R$ 30 (mulheres) e R$ 50 (homens), sem nome na lista. Valores de meia-entrada e sujeitos a alteração. Não recomendado para menores de 18 anos.

Show de despedida

A Banda Uó , composta por Mel Gonçalves, Davi Sabbag e Mateus Carrilho, faz apresentação de despedida nesta sexta-feira, a partir das 22h, na festa Hashtag de sexta, na boate Victoria Haus (SAAN, Qd. 1). Em outubro do ano passado, o trio anunciou que faria uma pausa na carreira após o carnaval de 2018, quando cada um deve se dedicar a projetos solos. No show em Brasília, a banda relembrará os hits, como Faz uó, Vânia, Shake de amor e Dá1like. Os ingressos custam R$ 40 (até a 0h) e R$ 55 (após). Valores de meia-entrada e sujeitos a alteração. Não recomendado para menores de 18 anos.

Outros agitos

O projeto Beco do Jazz terá edição uma edição neste sábado, a partir das 17h, na 412 Sul. O evento terá apresentação do trio Bruno Yakalos e os carrascos do jazz. A entrada é franca. Não recomendado para menores de 18 anos.

Sábado, às 23h, a festa Indie Party celebra quatro anos de existência, no 904 Living (904 Sul). A edição será em homenagem à banda Artic Monkeys. Ingressos a R$ 20 (antecipado), R$ 25 (até a 0h) e R$ 30 (após). Valores de meia-entrada. Não recomendado para menores de 18 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES