Brasília-DF,
21/SET/2018

Conheça a calistenia, modalidade baseada no esforço do corpo do próprio atleta

Esporte tem chamado atenção de muitas pessoas que passam pelos parques de Brasília

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Matheus Dantas* Publicação:26/01/2018 06:00Atualização:25/01/2018 18:56
A calistenia geralmente é praticada ao ar livre (Rhinoceros/Divulgação)
A calistenia geralmente é praticada ao ar livre

A estação do verão influencia muitas pessoas a praticar exercícios físicos e esportes em busca de uma vida mais saudável. Muitos se matriculam nas academias, outros optam por correr e fazer treinos funcionais, alguns encaram a intensa rotina de crossfit e partem para uma diferente metodologia de treinamento que, nos últimos, anos está tomando de conta dos parques de Brasília: a calistenia.

O nome pode soar um pouco estranho à primeira vista, entretanto, esse tipo de exercício físico é mais simples do que você imagina e contribui de forma significativa para o alcance de resultados como definição muscular e emagrecimento.

A origem da palavra calistenia vem do grego kallos, que significa “belo”, e sthenos que significa “força”. A definição de ser uma prática simples é pelo fato de o praticante utilizar apenas a força do corpo para realizar os exercícios, aliado a objetos de apoio como barras, envolvendo o praticante com a natureza, sendo praticado ao ar livre, em parques, bosques e praias.

“Eu posso resumir a calistenia com uma expressão: força de vontade. Ela tem como vertente motivar o praticante a se desafiar cada dia mais, criando um desafio pessoal a quem está praticando, estimulando ele a ter força e superar o próprio peso do corpo, fazendo ele depender de si só para alcançar seus objetivos”, afirma o praticante de calistenia Gabriel Santos.

Quem pode praticar a calistenia  


A calistenia pode ser praticada por qualquer pessoa, desde que sejam respeitados os limites de cada um. Por ser uma atividade praticada ao ar livre, ela permite uma interação com a natureza e a oportunidade de praticar outros exercícios físicos e esportes ao mesmo tempo, como alongamentos e corridas.

“Todos nós nos ajudamos, quem tem mais experiência auxilia os mais novos. É importante ressaltar que, na calistenia, você deve ter paciência e dedicação, pois a cada dia você vai evoluindo um pouco, até dominar sua força”, explica Tróia Lima, um dos fundadores do Calistenia Brasília, evento realizado no Parque de Águas Claras.

Para os iniciantes, exercícios básicos como flexão de braço, barra fixa e prancha podem ser o começo. “Para que os praticantes possam ter ganhos, a gente trabalha com processo educativo de progressões, respeitando a individualidade biológica de cada um”, esclarece Tróia Lima.

Serviço
Calistenia Brasília 
Parque de Águas Claras. Quarta, às 19h40, sábado, às 10h, e domingo, às 17h. Aberto ao público.

4 Barz
Estacionamento 4 do Parque da Cidade. Domingo, às 10h. Aberto ao público.

Mobi Fit
Estacionamento 4 do Parque da Cidade. Sábado, às 10h. Aberto ao público.

Rhinoceros S.W.T
Praça da calistenia do Taguaparque. Terças e quintas, às 20h. Aberto ao público.

*Estagiário sob a supervisão de Vinicius Nader

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES