Brasília-DF,
23/SET/2018

Futevôlei é o esporte em ascendência na capital

Nascido nas areias cariocas, futevôlei une a categoria, o domínio e o controle de bola do futebol às regras, o estilo de jogo e o ambiente do vôlei de praia

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Matheus Dantas* Publicação:09/02/2018 06:00Atualização:08/02/2018 17:29
Gabriela Pontual treina Futevolei no Clube Cota Mil (Minervino Junior/CB/D.A Press
)
Gabriela Pontual treina Futevolei no Clube Cota Mil

 
Conhecido por ser praticado nas areias das praias brasileiras e de diversos países como Estados Unidos, Itália, Portugal e Paraguai, o futevôlei tem caído na graça dos brasilienses — mesmo sem praia. A areia é improvisada em quadras de praças, parques e clubes da cidade.

O professor Paulinho, da Nação Club, explica que “tudo começa com o saque realizado com o pé, com objetivo de fazer a bola passar por cima da rede e cair no campo adversário. Atravessando, o time adversário faz a recepção, o levantamento e o ataque com o objetivo de devolver a bola para o outro lado da quadra. Essas três ações são realizadas com, no máximo, três toques na bola.”

A prática do futevôlei aqui em Brasília tem crescido bastante. “É muito bacana ver as pessoas jogando em quadras de areias improvisadas nos parques e praças”, afirma Renan Aquino, professor da TPFut —  Centro de Treinamento de Futevôlei.

Por muitas vezes, a modalidade acaba chamando a atenção de muitos que já penduraram as chuteiras e abandonaram as quadras de futebol por conta de lesões. Eles encontram no futevôlei a oportunidade de recomeçar e iniciar uma nova modalidade.

“Eu joguei futebol a vida toda, fui ficando mais velha e comecei a ter muitas lesões. Com 26 anos tive a última no joelho e resolvi ‘me aposentar’. Mas eu sentia muita falta de jogar, até que um amigo meu me chamou para o futevôlei. No início não animei muito, até que um dia eu fui e amei — é desafiador e divertido. Hoje em dia nem sinto tanta falta do futebol, porque o futevôlei supre minha necessidade”, revela Celise Duarte.

Regras do futevôlei


Praticado em uma quadra de vôlei, parecida com a de vôlei de praia, com as medidas de 9m de largura e 18m de comprimento, dividida ao meio por uma rede com 2,20m de altura (masculino) e 2m (feminino).

O jogo pode ser disputado em sistemas de duplas (2x2), trios (3x3) ou quartetos (4x4), masculino, feminino ou mistos.

O objetivo do jogo é conseguir fazer a bola cair na quadra adversária. Para isso, os jogadores tocam a bola com qualquer parte do corpo, exceto braço, antebraço e mão.

Cada dupla pode dar até três toques na bola, sendo que um jogador não pode tocar duas vezes seguidas, como no vôlei.

O jogo é disputado em forma de sets de 18 pontos.

Serviço

Aulas de Futevôlei
TPFut (SCES Tr. 2 - Clube Cota Mil Iate Clube). Segunda e quarta às 12h e 19h; terça e quinta às 7h e 8h30; sexta às 12h. Valores: Plano mensal: R$ 210 (não sócios) e R$ 130 (sócios); trimestral: R$ 190 (não sócios) e R$ 110 (sócios); semestral: R$ 170 (não sócios) e R$ 100 (sócios). Informações:  98126-2891 / 98475-4252.

Nação Club —  Futevôlei 
(SMPW Q.5, cj 9, lt 2)
Segunda e quarta, às 8h30, 17h30 e 19h; terça e quinta às 7h, 8h30 e 19h. Valor: R$ 180 (mensal). Informações: (61) 99945-6807

Locais para jogar


Quadras de areia do Parque Deck Sul, Parque de Águas Claras, Parque do Sudoeste e Parque da Cidade.

*Estagiário sob a supervisão de Vinicius Nader

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES