Brasília-DF,
18/JUN/2018

Alfinete Galeria de Arte recebe duas exposição que recontam a história humana

'Cultura material etc.', de Gisel Carriconde, e 'Castelos no ar', de Marcela Cantuária, são os trabalhos expostos

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Nahima Maciel Publicação:09/03/2018 06:00Atualização:08/03/2018 17:31
Os 100 anos da Revolução Russa são a base de 'Castelos no ar' (Reprodução)
Os 100 anos da Revolução Russa são a base de 'Castelos no ar'


A maneira como a cultura transforma os objetos e como a história é contada orienta as duas exposições com abertura marcada para este sábado na Alfinete Galeria. No piso superior, Gisel Carriconde apresenta Cultura material etc., instalação construída com coleções de objetos coletados pela artista ao longo de várias viagens realizadas desde 2009.
 
Imagens de árvores, pedra e água passaram por um processo de apropriação que a artista associa à cultura milenar de transformar objetos, própria das civilizações. “O que a cultura faz é transformar os objetos. É uma relação que desenvolvemos desde que começamos a fazer cumbucas para comer”, avisa Gisel, que criou uma ambientação como se fosse uma casa para receber os objetos da instalação.
 
Na galeria inferior, a carioca Marcela Cantuária mostra a série de pinturas Castelos no ar, conjunto de 31 telas pintadas em outubro de 2017 para celebrar os 100 anos da Revolução Russa. É sobre a história e a maneira como ela contada, mas também sobre as tensões de ideias opostas, como individualismo e coletividade, que a artista propõe refletir.
 
As desigualdades sociais e os problemas contemporâneos aparecem sob um olhar crítico, filosófico e observador que também tem um quê de otimismo e esperança. “Busco esses pontos de conflito e procuro abrir para reflexões sobre como chegamos, onde estamos e para onde vamos”, garante Marcela.

Serviço:

 
Cultura material etc. Exposição de Gisel Carriconde e Castelos no ar de Marcela Cantuária
Abertura neste sábado, às 18h, na Alfinete Galeria (103 Norte bloco B loja 66). Visitação até 14 de abril, quinta e sexta, das 14h30 às 18h, e sábado, das 15h às 20h.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES